Alexandre Lopes/AE
Alexandre Lopes/AE

Eliminatórias desfalcam clubes em rodadas do Brasileiro

Estrangeiros atuando no Brasil esvaziam clubes e vão às suas seleções buscando um lugar na Copa 2014

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2012 | 23h34

SÃO PAULO - Os clubes do Campeonato Brasileiro que disputam o título, uma vaga à Copa Libertadores ou para fugir do rebaixamento à Série B terão muito o que lamentar e reclamar nos próximos dias. Nesta quarta-feira, treinadores de várias seleções sul-americanas anunciaram suas listas para as duas próximas rodadas, a nona e a décima, das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, que acontecerão nos dias 12 e 16 de outubro. Neste período de treinamentos e jogos das seleções acontecerão três rodadas do Brasileirão.

O treinador do Uruguai, Óscar Tabárez, é o responsável por desfalcar o maior número de equipes brasileiras. Serão quatro no total, já que convocou os atacantes Diego Forlán (Internacional) e Loco Abreu (Figueirense), o meia Lodeiro (Botafogo) e o zagueiro Victorino (Cruzeiro). No Chile, o convocado foi o zagueiro González, que atua no Flamengo.

Quem também fez sua convocação nesta quarta foi o uruguaio Sergio Markarian, que comanda a seleção do Peru. Nela, o maior prejudicado é o Corinthians, que mesmo sem muitas aspirações no Brasileirão, não poderá contar com o centroavante Paolo Guerrero e o meia Ramírez. Outro convocado foi o atacante Raúl Ruidíaz, do Coritiba.

Para esta quinta é esperado o anúncio das convocações de outras seleções sul-americanas, como são os casos da argentina, da boliviana, da colombiana e da paraguaia. Além disso, o técnico Mano Menezes anunciará a lista para dois amistosos do Brasil na Europa - contra Iraque e Japão -, que poderão dar ainda mais dor de cabeça para os clubes.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEliminatóriasCopa de 2014

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.