Elivélton e Macedo na mira da Ponte

A diretoria da Ponte Preta promete renovar até o final da semana os contratos de dois ex-sãopaulinos: o ala-esquerdo Elivélton e o atacante Macedo. Estas são as prioridades do vice-presidente de futebol, Marco Antonio Eberlin, que confirmou a intenção do clube em investir "na qualidade, desprezando a quantidade".A justificativa para estas renovações é bastante simples: os dois são titulares do time. O acordo com Elivélton está praticamente fechado, mesmo porque as duas partes já haviam manifestado interesse. A situação mais complicada é com Macedo, que tinha esperança de se transferir para o futebol japonês. Mas o negócio não deu certo, abrindo espaço para que a Ponte volte a lutar pelo atacante, que não deve ficar no Grêmio, cujo clube detém 10% de seu passe.Macedo foi o vice-artilheiro da Ponte na temporada, com 17 gols. Só perdeu a briga para o atacante Washington, que marcou 45 gols. Além disso, Macedo atuou em 49 jogos, 44 como titular. O índice de aproveitamento é considerado muito bom pela diretoria, que tem avaliado o desempenho individual de todos os jogadores antes de formular uma proposta para renovação.?Pratas da casa? - Outros "pratas da casa" já renovaram contratos, como os volantes Dionísio e Roberto, além do goleiro Alexandre Negri. O próximo será Alex Oliveira. Alguns jogadores estão praticamente desligados do grupo, como o ala-esquerdo André Silva, do Vasco da Gama , o meia Marco Aurélio, do Flamengo e o atacante Marcelo Sergipano, do Sergipe.O volante Mineiro renovou contrato por três anos com uma multa rescisória de US$ 5 milhões, metade do valor de Washington. Os dois são os jogadores mais valorizados e cotados para a venda neste início de temporada. "Mas só deixam o clube por propostas compensadoras", alerta Eberlin.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.