Elkeson diz que Botafogo precisa melhorar em casa

Sétimo colocado no Campeonato Brasileiro, o Botafogo poderia ter concluído o primeiro turno da competição em situação melhor se não tivesse acumulado tantos tropeços como mandante. Em casa, a equipe carioca somou apenas 14 pontos em 10 partidas. Assim, Elkeson reconheceu que o time precisa melhorar o seu desempenho no Engenhão no segundo turno para conquistar uma vaga na próxima edição da Libertadores.

AE, Agência Estado

28 de agosto de 2012 | 16h21

"Acredito que o segredo (para uma campanha melhor no segundo turno) é vencer dentro de casa. Nesse primeiro turno perdemos jogos que não poderíamos na nossa casa e acabamos não cumprindo os objetivos. É rever os erros para que possamos ter um segundo turno melhor. Nosso objetivo é vencer dentro e fora, porque temos time para estar no G4. Não estamos tão distantes e temos que pensar alto porque temos time para isso", avaliou.

Meia de origem, Elkeson foi improvisado no ataque em alguns jogos do Botafogo pelo técnico Oswaldo de Oliveira. O jogador promete se superar para se adaptar na nova função, principalmente após a lesão do atacante Rafael Marques. "Quero mostrar que também posso ajudar nessa posição. É claro que em alguns jogos encontraremos dificuldades, mas procuro dar meu melhor para ajudar ao Botafogo", disse.

Elkeson lamentou as seguidas lesões no elenco do Botafogo, mas prometeu que mesmo assim o time será competitivo diante do São Paulo, quinta-feira, no Morumbi. "É claro que prejudica a comissão técnica, que não pode ter todos a disposição. Complica um pouco o trabalho do Oswaldo, mas a equipe tem que suprir a ausência desses jogadores. O grupo é forte e tem muita qualidade, então acredito que Oswaldo colocará os melhores para sairmos com a vitória contra o São Paulo", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogoElkeson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.