Arquivo/AE
Arquivo/AE

Eller pode ir para o Grêmio em troca de Alex Mineiro

Zagueiro ainda não sabe se continua ou não na delegação do Santos, que tenta renegociar seu salário

Sanches Filho, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 19h26

O zagueiro Fabiano Eller amanheceu a sexta-feira se sentindo quase como jogador do São Paulo, mas ao chegar ao Centro de Treinamentos do Santos sofreu uma decepção: a sua situação continuava inalterada. O zagueiro negou que tenha recebido proposta do clube para renovar contrato por um ano em meio, com redução do salário de R$ 210 mil para R$ 140 mil a partir deste mês.

Veja também:

linkFabiano Eller diz que não acertou nada com o São Paulo

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Ele também disse que não foi procurado por dirigentes do Grêmio, até o início da noite desta sexta-feira. A informação é de que o clube gaúcho ofereceu um contrato mais longo a Fabiano Eller e se dispôs a dar Alex Mineiro ou o colombiano Perea ao Santos. A troca seria em definitivo."Tudo o que eu posso dizer é que a minha situação continua indefinida", afirmou Eller. O zagueiro só viajará com a delegação do Santos para o Rio de Janeiro, no sábado, para enfrentar o Fluminense, se todas as negociações forem encerradas.

"Gostaria que ele ficasse, mas a partir do momento em que o jogador está sendo negociado, fica fora do jogo", disse Vágner Mancini. Para o técnico, o simples fato de o jogador estar envolvido numa possível troca já atrapalha. "Fabiano Eller é titular e vinha jogando e a sua saída implica na substituição de um atleta experiente".

Mesmo assim, Mancini ainda acredita que poderá haver acerto com o São Paulo. "Mas não como está sendo noticiado, com uma troca simples. O Santos pediu Wagner Diniz e Hugo, mas eles não concordaram. Também poderá haver uma compensação financeira. Pode sair um tipo de negociação e ser divulgada outra coisa", concluiu o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.