Elogiado pela imprensa, Equador se despede da Alemanha

A cidade de Bad Kissingen se vestiu de amarelo, azul e vermelho para se despedir da seleção equatoriana nesta segunda-feira, um dia depois da derrota para a Inglaterra, por 1 a 0, em Stuttgart, resultado que eliminou os sul-americanos nas oitavas-de-final da Copa do Mundo.Os jogadores retornaram à cidade na noite de domingo. Na manhã desta segunda ficaram descansando e à tarde participaram da despedida formal, chefiada pelo prefeito Karl Heinz Laudenbach."Estamos muito tristes por deixarmos Bad Kissingen, que nos recebeu muito bem e foi a nossa casa nesta Copa", disse o assessor de imprensa do Equador, Víctor Mestanza. A delegação equatoriana deixa a cidade na madrugada de terça-feira, rumo à Frankfurt, para daí voltar ao país.Apesar da eliminação no domingo, a passagem da seleção equatoriana para a segunda fase foi bastante elogiada pela imprensa do país. "Obrigada, seleção!" foi a manchete do jornal El Universo, afirmando ainda que o "Equador lutou, mas caiu contra a Inglaterra". "A seleção volta da Europa com um prestígio internacional maior do que tinha antes de se classificar a duas Copas do Mundo de forma consecutiva", afirma o mesmo El Universo, em suas páginas internas.O Expreso disse que a seleção "jogou com classe, lutou até o fim e deixou o nome do Equador no topo". "A seleção retorna após cumprir um bom papel na Alemanha", escreveu o jornal Hoy. Segundo o La Hora foi "Adeus, com dignidade!"

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.