Elogios da imprensa agradam Parreira

O técnico Carlos Alberto Parreira sentiu-se recompensado com os comentários sobre a partida entre Brasil e França feitos pela imprensa francesa. Ele ficou particularmente feliz com a manchete do jornal L´Equipe: "Um prazer sem gols?. "Os franceses gostaram bastante do espetáculo. O jogo teve aprovação muito grande e isso me deixa satisfeito. O Brasil fez uma apresentação muito boa, contra um time que não perde há mais de um ano?, disse Parreira, mostrando um exemplar do L´Equipe, no desembarque em Barcelona. O jornal francês considerou que a partida foi de alto nível, com jogadas de efeito de ambos os lados, digna das duas melhores equipes do mundo e conclui que só não saíram gols porque os goleiros Dida e Coupet impediram. De uma maneira geral, o "jogo do século? mereceu elogios da imprensa da França pelas boas jogadas, a aplicação tática das duas equipes, alguns lances em que jogadores como Zidane, Ronaldinho Gaúcho, Henry, Ronaldo e Roberto Carlos mostraram um pouco do talento que têm. Os goleiros Dida e Coupet também foram bastante elogiados. O Le Parisien considerou o amistoso um "duelo de gigantes que terminou sem gols?, mas foi uma partida digna do futebol mais bem jogado atualmente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.