Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Em 2013, São Paulo ficou 12 rodadas na zona de rebaixamento

São Paulo teve quatro técnicos: Ney Franco, Milton Cruz, Paulo Autuori e Muricy, que salvou a equipe da degola

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

03 de julho de 2017 | 11h59

A derrota para o Flamengo por 2 a 0, neste domingo, obrigou o São Paulo a conviver com uma situação incomum últimas temporadas do Campeonato Brasileiro: a briga contra o rebaixamento. A última vez que o time do Morumbi ficou entre os quatro piores foi em 2013. E a luta contra a queda foi longa: o time ficou 12 rodadas na zona da degola.

Desde a adoção do sistema por pontos corridos no Brasileiro, em 2003, a equipe paulista frequentou a zona de rebaixamento em seis oportunidades: 2003, 2005, 2008, 2009, 2012 e 2013. A última foi a mais traumática.

Naquele ano, o São Paulo viveu uma temporada conturbada, com quatro técnicos diferentes à frente do elenco: Ney Franco, Milton Cruz, Paulo Autuori e Muricy Ramalho, que conseguiu fazer o time reagir e escapar.

No mês de setembro, o clube demitia Paulo Autuori, campeão do mundo em 2005, mas que venceu somente três vezes em 17 partidas e durou apenas dois meses. Simultaneamente, foi definida a volta do treinador que levou ao clube ao tricampeonato brasileiro em 2006/2007/2008. Muricy Ramalho vinha tendo seu nome gritado pela torcida desde os jogos que antecederam a demissão de Ney Franco, antecessor de Autuori.

Muricy assumiu o time faltando 19 rodadas. A equipe tinha somado 18 pontos em 19 jogos e ocupava a 18ª posição. O treinador estreou no dia 12 de setembro com vitória por 1 a 0 sobre a Ponte Preta, gol marcado por Luís Fabiano. Ao todo, foram dez vitórias, dois empates e sete derrotas: um aproveitamento de 56% e campanha suficiente para afastar o risco de cair pela primeira vez na história à Série B.

Na edição atual, o time não vence há seis rodadas e terá um confronto difícil na próxima rodada quando vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro. Em seguida, recebe o Atlético-GO e visita a Chapecoense.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FCCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.