Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Em ação pela paz, Corinthians e Santos almoçarão juntos antes de amistoso

Elencos das duas equipes se encontrarão no CT Joaquim Grava antes do duelo de domingo, em Itaquera

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de janeiro de 2019 | 15h58

Corinthians e Santos informaram nesta quinta-feira que farão uma ação pela paz nos estádios antes do amistoso entre as equipes no domingo, às 17h30, em Itaquera. Um pouco mais cedo, às 13h, os elencos das duas equipes almoçarão juntos no CT Joaquim Grava.

"A ação faz parte do esforço das duas equipes em iniciar a temporada 2019 com a mensagem de respeito e tolerância nos estádios. Após o almoço em conjunto entre os atletas, comissão técnica e dirigentes, as equipes seguirão suas respectivas programações até a chegada à Arena Corinthians", informou a nota oficial emitida pelo Corinthians.

O amistoso homenageará também o ex-goleiro Gylmar dos Santos Neves, que atuou pelos dois clubes. Foi criado uma troféu com o nome do ex-jogador, que será entregue para o vencedor do duelo. Caso o clássico termine empatado, a taça irá para a equipe com menos cartões (primeiro critério de desempate) e faltas cometidas (segundo critério de desempate) na partida.

O Corinthians realizou nesta quinta-feira o primeiro teste da temporada e perdeu por 1 a 0 o jogo-treino contra o Nacional. O técnico Fábio Carille mandou uma equipe diferente em cada período da partida. Na etapa inicial, com os titulares, o adversário fez o gol da vitória de pênalti. 

A tendência é que Carille repita a formação contra o Nacional no duelo com o Santos. O Corinthians começou a partida com: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Richard e Jadson; Pedrinho, Roger e Clayson. 

O centroavante argentino Mauro Boselli ainda está no México e ficará de fora do amistoso. Os também recém-contratados Ramiro, Sornoza e André Luis ainda se preparam fisicamente para poder entrar em campo. Das contratações para a temporada, o torcedor poderá ver Richard, Michel Macedo e Gustavo Mosquito, que deverão entrar em campo no segundo tempo do amistoso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.