Bruno Aragão/Ceará
Bruno Aragão/Ceará

Em alerta contra o rebaixamento, Ceará recebe Grêmio em busca da reabilitação

Até agora com quatro rodadas de competição, time de Enderson Moreira soma uma vitória e três derrotas

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2019 | 17h18

O Ceará acendeu o sinal de alerta para o risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Com três derrotas consecutivas, para Cruzeiro, Atlético-MG e Goiás, o time de Enderson Moreira precisou "mudar a chave" depois de uma estreia arrasadora contra o CSA - vitória por 4 a 0, em casa. Neste domingo, às 19 horas, o time enfrenta o Grêmio no Castelão pela quinta rodada, precisando do resultado para aliviar a pressão.

"Muito do que aconteceu em termos de resultado tem minha culpa. Porque eu tive um problema de saúde quando estava chegando ao clube, quando ia me adaptar ao clube e aos atletas. Por mais que a gente tenha um grupo de auxiliares, que são de extrema confiança, esse momento é rico para a gente conhecer o atleta, ver o comportamento do atleta em situações mais complicadas. Eu perdi quase 10 dias nesse convívio direto. Isso foi muito ruim", avisou Enderson.

Logo após a derrota para o Cruzeiro, na segunda rodada, o treinador foi diagnosticado com dengue e perdeu "semanas preciosas" de trabalho. Agora recuperado, ele quer correr atrás do tempo perdido. Ele já sabe que não vai poder contar com o atacante Roger, que rescindiu o contrato na quinta-feira e não faz mais parte do grupo. Leandro Carvalho, Bergson e Ricardo Bueno devem formar o trio de ataque.

"Nessa semana eu consegui chegar ao clube bem para trabalhar, cobrar, exigir coisas deles. Acho que essa primeira perna nossa no campeonato não vai ser do jeito que a gente esperava e gostaria, mas a gente está pensando em algumas mudanças. Eu preciso ver mais atletas, preciso tentar um novo encaixe", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.