Em alta na temporada, Fluminense estreia contra o Globo-RN na Copa do Brasil

Tricolor terá força máxima em em Ceará-Mirim, no Rio Grande do Norte

Thiago Rabelo, especial para a AE, O Estado de S.Paulo

15 Fevereiro 2017 | 07h06

Com o objetivo de repetir 2007, ano em que se sagrou campeão, o Fluminense estreia na Copa do Brasil contra o Globo-RN nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no estádio Manoel Barreto, em Ceará-Mirim (RN). Já classificado para a semifinal da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, o time tricolor terá força máxima na competição nacional para não correr risco de uma eliminação precoce na primeira fase.

Diferente dos anos anteriores, o regulamento da competição sofreu mudança. Além de ser jogo único, a primeira fase beneficia o time visitante, que pode até empatar para avançar na competição.

Com desempenho além da expectativa projetada, o Fluminense tem tido bom desempenho neste início de temporada. Nos seis jogos que disputou, o time venceu cinco vezes e perdeu apenas o confronto para o Internacional, pela Copa da Primeira Liga, quando poupou jogadores no jogo disputado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre.

Com foco total na Copa do Brasil, o técnico Abel Braga tem dois desfalques. Com um edema no joelho direito, o zagueiro Renato Chaves será substituído, mais uma vez, por Nogueira. Ainda em fase de recuperação, o goleiro Diego Cavalieri ficou no Rio.

Contratado no início do ano, o lateral-direito Lucas tenta se afirmar, após a temporada ruim pelo Cruzeiro, e acredita que a pressão aumentará com o decorrer do ano. "A pressão aumenta, mas vivemos disso. Precisamos colocar em prática tudo o que trabalhamos. Se isso acontecer, a tendência é fazer mais uma boa partida e vencer", garantiu.

Vice-líder do Campeonato Potiguar, o Globo quer surpreender o Fluminense para seguir na Copa do Brasil. Invicto no estádio Manoel Barreto desde 2015, o time disputou 15 jogos desde então, com oito vitórias e sete empates. O técnico é Luizinho Lopes, que comandou o time na campanha na Série D, quando o time caiu na segunda fase para o Campinense-PB.

Mais conteúdo sobre:
futebol Copa do Brasil Fluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.