Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Em apresentação, Erik mira sequência para recuperar bom futebol no Atlético-MG

Depois de se destacar no Goiás, atacante não teve destaque nos dois anos de Palmeiras

Estadão Conteúdo

09 Janeiro 2018 | 18h20

O atacante Erik demonstrou nesta terça-feira estar convicto sobre o que precisa para recuperar o bom futebol: uma sequência maior de jogos. Essa foi a análise do atleta em sua apresentação no Atlético Mineiro.

+ Presidente minimiza reformulação e põe Atlético-MG na briga por títulos

Depois de se destacar no Goiás, Erik chegou como grande promessa ao Palmeiras no início de 2016. Mas, em dois anos, não conseguiu engrenar, pouco atuou e acabou emprestado ao Atlético Mineiro, onde tentará um recomeço.

"Todo atleta depende de uma sequência. Você constrói isso no dia a dia. Sempre trabalhei forte no Palmeiras, mas era um grupo grande, de atletas de qualidade, e só jogavam 11. E no futebol, você precisa de uma sequência. Por isso, escolhi o Atlético, para atuar e fazer o meu melhor", avaliou.

Embora com pouco espaço no Palmeiras, o atacante ponderou que não se arrependeu de sua opção. "Fiz a escolha de ter ido para o Palmeiras e acredito que foi uma das melhores escolhas de minha vida, que foi ser campeão. Hoje faço outra escolha no Atlético e tenho o mesmo objetivo, de ser campeão."

Motivado com a oportunidade em seu novo clube, Erik reiterou que chega ao Atlético-MG para ser campeão. "Realizei um grande sonho no Palmeiras, de ser campeão brasileiro, e hoje estou aqui no Atlético-MG em busca de novos títulos", pontuou. "Espero que esse seja um ano de muitas conquistas para todos nós."

Sobre a posição onde prefere jogar no ataque - mais aberto ou centralizado -, o jogador de 23 anos garantiu que pode fazer as duas funções. "Tenho uma versatilidade desde a época do Goiás, nunca tive problemas com os lados, e joguei muito tempo por dentro", explicou. "Mas ainda não tivemos um esboço, nada com um posicionamento definido na pré-temporada."

Mais conteúdo sobre:
futebol Atlético Mineiro Erik Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.