Divulgação
Divulgação

Cruzeiro tem volta de Fabrício para duelo contra o Palmeiras

'O time está encorpando', afirma técnico Vanderlei Luxemburgo

Estadão Conteúdo

08 Agosto 2015 | 17h33

O Cruzeiro encara o Palmeiras neste domingo, a partir das 16h, no Mineirão, pela 17ª rodada do Brasileirão, para manter o ritmo na competição e conquistar posições na parte intermediária da tabela. O técnico da equipe, Vanderlei Luxemburgo, relacionou 23 atletas para a partida e afirmou que o objetivo é manter aquilo que foi demonstrado na última partida contra o Sport, quando o time mineiro poderia ter saído com uma vitória da Arena Pernambuco.

"O time está encorpando, não só como equipe, mas como grupo, identificando a maneira que tenho de trabalhar. Estamos crescendo e evoluindo. Leva tempo", declarou Luxemburgo ao site oficial do Cruzeiro. Para o treinador, o jogo é de grande importância para as pretensões do clube na competição. "Mais um grande clássico do Brasileirão. Estamos em busca de afirmação, momento melhor na competição, e o Palmeiras na parte de cima da tabela. Mas por si só o clássico mostra a sua importância", finalizou o treinador.

As novidades da lista ficam por conta da volta do lateral-esquerdo Fabrício, que cumpriu suspensão automática no último jogo contra o Sport, e a convocação do zagueiro Bruno Viana, da base da equipe. O jovem defensor ficou bastante satisfeito com o seu nome entre os relacionados para o jogo e agradeceu a oportunidade.

"Muito satisfeito por poder participar desse jogo, é a minha primeira convocação e só tenho a agradecer. Primeiro por estar vestindo esta camisa e, em segundo, por estar vivendo este momento pelo clube", completou Bruno.

CONFIRA OS RELACIONADOS DO CRUZEIRO

Goleiros: Fábio e Rafael;

Laterais-direitos: Fabiano;

Zagueiros: Bruno Viana, Grolli, Léo, Manoel e Paulo André;

Laterais-esquerdos: Mena, Fabrício e Pará;

Volantes: Eurico, Henrique e Willians;

Meias: Alisson, De Arrascaeta, Gabriel Xavier e Marcos Vinicius;

Atacantes: Leandro Damião, Marinho, Marquinhos, Vinícius Araújo e Willian.

Mais conteúdo sobre:
futebolBrasileirãoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.