Em ascensão, CRB supera Figueirense e encosta no G-4 da Série B

Time alagoano ganha por 2 a 1 e mantém boa fase sob o comando do técnico Dado Cavalcanti

Estadao Conteudo

11 de julho de 2017 | 23h46

O CRB entrou de vez na briga por uma vaga no G4 - zona de acesso - da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o time alagoano fez o dever de casa ao vencer o Figueirense por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé, pela 13ª rodada, e manteve o bom momento vivido sob o comando do técnico Dado Cavalcanti.

Invicto há cinco jogos, o CRB chegou aos 20 pontos e subiu para a sexta colocação. A diferença para o Vila Nova, quarto colocado, é de apenas três. Por outro lado, o Figueirense ainda não conseguiu emplacar, conheceu a segunda derrota seguida e segue na zona de rebaixamento, em 18º lugar, com 12 pontos.

Mesmo jogando fora de casa, o Figueirense foi quem tomou a iniciativa nos minutos iniciais e quase abriu o placar em chute de Julinho, defendido por Edson Kölln. Depois do susto, o CRB equilibrou a partida e criou boas oportunidades até os 36 minutos. Élvis recebeu de Danilo Pires e bateu rasteiro: 1 a 0.

No último lance do primeiro tempo, aos 44 minutos, o zagueiro Flávio Boaventura aproveitou rebote em falta cobrada por Diego e ampliou a vantagem para os anfitriões.

Com duas alterações, o Figueirense voltou do intervalo mais ofensivo e diminuiu logo aos seis minutos. Marcos Índio tocou para dentro da área, Marcos Martins não conseguiu tirar e o atacante Henan acertou um bonito chute quase no ângulo de Edson Kölln.

A partida, então, ficou aberta, com os catarinenses buscando o empate e os alagoanos apostando no contra-ataque. Os dois times criaram chances, mas pararam em boas defesas dos goleiros.

O CRB volta a campo no sábado, contra o Internacional, às 16h30, no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Na sexta-feira, o Figueirense enfrenta o Brasil de Pelotas, às 19h15, no Bento de Freitas, em Pelotas (RS).

FICHA TÉCNICA:

CRB 2 x 1 FIGUEIRENSE

CRB - Edson Kölln; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Yuri (Rodrigo Souza), Danilo Pires, Edson Ratinho e Elvis (Tony); Erick Salles (Mailson) e Zé Carlos. Técnico: Dado Cavalcanti.

FIGUEIRENSE - Saulo; Weldinho (Patrick), Marquinhos, Leandro Almeida e Julinho (Iago); Zé Antônio, Dudu Vieira, Robinho e Jorge Henrique (Marcus Índio); Luidy e Henan. Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS - Elvis, aos 36, e Flávio Boaventura, aos 44 minutos do primeiro tempo; Henan, aos seis minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Adalberto e Yuri (CRB); Robinho, Zé Antônio e Leandro Almeida (Figueirense).

ÁRBITRO - Pablo dos Santos Alves (PB)

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.