Andrew Boyers / Reuters
Andrew Boyers / Reuters

Em baixa, Everton anuncia Sam Allardyce como novo técnico

Treinador tem currículo marcado por salvar equipes da degola

Estadão Conteúdo

30 Novembro 2017 | 17h02

O Everton anunciou nesta quinta-feira seu novo técnico. Em baixa e lutando contra o rebaixamento no Campeonato Inglês, o time de Liverpool acertou com o experiente Sam Allardyce, que tem o seu currículo marcado justamente por salvar diversas equipes da degola na competição.

+ Manchester City ganha em casa e mantém vantagem de oito pontos 

O curioso é que Allardyce havia anunciado a aposentadoria há cerca de seis meses, após o fim da última temporada. Mas não resistiu à possibilidade de voltar a ter chance em uma equipe com história no futebol inglês e, por isso, assinou contrato por um ano e meio com o Everton.

Ele chega para tentar tirar o Everton da péssima fase que atravessa neste Campeonato Inglês. Apesar dos mais de 200 milhões de euros gastos em reforços para esta temporada, o clube já figurou na zona de rebaixamento da competição e ocupa agora apenas a 13.ª colocação, com 15 pontos.

"Obviamente, o clube está passando por um período difícil, mas espero que eu possa deixar isso para trás o mais rápido possível e começar a mirar objetivos maiores novamente", disse Allardyce.

Diante destes resultados, o Everton decidiu demitir Ronald Koeman há pouco mais de um mês. Allardyce não era a primeira opção para o cargo, até pela imagem desgastada por um escândalo que protagonizou logo após assumir a seleção inglesa, no ano passado, mas recebeu a proposta do clube e decidiu aceitá-la.

"Sua forte liderança vai trazer uma grande motivação e tirar o melhor de nossos jogadores. Sam entende as ambições que temos a longo prazo para este grande clube e eu sei que ele é um homem que se doa por inteiro, focado 24 horas por dia no clube", elogiou o dono do Everton, Farhad Moshiri.

Mais conteúdo sobre:
Campeonato Inglês Everton

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.