Paul Hanna/Reuters
Paul Hanna/Reuters

Em baixa na Espanha, Bale não descarta deixar o Real Madrid

Galês pode repetir os passos de Neymar para ser protagonista em outra equipe

O Estado de S.Paulo

12 de setembro de 2017 | 09h57

Depois do fim do trio MSN com a venda de Neymar ao Paris Saint-Germain, outro poderoso tridente ofensivo pode estar com os dias contados. Longe de repetir o brilhantismo de suas primeiras temporadas na Espanha, Gareth Bale admite que pode deixar o Real Madrid para ser protagonista em outra equipe.

"Há um motivos para isso (ser protagonista em outro clube). Mas acho que a coisa mais importante, quando você olha para trás na sua carreira, é ver os seus troféus", disse o galês em entrevista ao jornal inglês Daily Mail.

Contratado por mais de 90 milhões de euros (R$ 315 milhões) em 2013, o jogador vem sofrendo com várias lesões nos últimos anos e tem perdido espaço para Asensio e Isco no time titular do Real Madrid.

Apesar de não descartar uma saída futura, Bale garante que neste momento está mais preocupado em jogar e ganhar títulos pelo Real do que em ser o centro das atenções.

"Ser o número um? A verdade é que não me fixo nessas coisas. Só quero desfrutar do meu futebol, quero fazer tudo bem e ajudar a equipa a conquistar troféus."

Segundo informações da imprensa europeia, o técnico José Mourinho fará uma investida na próxima janela de transferências para levar o galês para o Manchester United.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.