Em Belém, Paysandu e Brasil-RS ficam no empate por 1 a 1 na Série B do Brasileiro

Resultado prejudica ambos; time paraense fica perto do descenso e gaúchos podem deixar o G-4

Estadão Conteúdo

09 de setembro de 2016 | 23h43

Paysandu e Brasil, de Pelotas (RS), ficaram no empate por 1 a 1 no estádio Mangueirão, em Belém, nesta sexta-feira, pela 24.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time da casa briga contra o rebaixamento, mas foi quem criou as principais jogadas. Mesmo assim, o adversário soube se defender e mostrou porque segue dentro do G4 - a zona de acesso - da competição.

Com 29 pontos, o Paysandu é o 15.º colocado e aguarda o restante da rodada, que será disputada neste sábado. O Goiás, time que abre a zona do rebaixamento, tem dois pontos a menos e recebe o Ceará no estádio Serra Dourada, em Goiânia. Para o Brasil-RS, o resultado também não foi ideal. Com 40 pontos, o time gaúcho está em terceiro, mas pode ser alcançado por CRB e Ceará, ambos com 38, e Londrina, sexto com 37.

A partida começou a toda velocidade. Logo no primeiro lance de perigo, aos quatro minutos, o lateral-direito Weldinho invadiu a área e tentou cruzar, mas a bola desviou no goleiro Emerson e foi parar no fundo do gol. Mesmo sem intenção de finalizar, o ex-jogador de Corinthians e Palmeiras abriu o placar.

A resposta do Paysandu, no entanto, foi imediata. Quando as primeiras vaias começavam a ecoar no Mangueirão, aos 15 minutos, Tiago Luis pegou de primeira o passe para trás de Lucas e acertou um chute de rara felicidade no ângulo direito alto do goleiro Eduardo Martini. Tudo igual.

O gol animou o time da casa, que seguiu pressionando e só não virou ainda na primeira etapa porque Eduardo Martini fez grande defesa em chute de Lucas e o zagueiro Gilvan parou no travessão após escanteio de Tiago Luis.

Após intervalo, a pressão do Paysandu continuou e, logo aos dois minutos, Weldinho voltou a ser decisivo para o Brasil-RS. O lateral-direito salvou, em cima da linha, uma bola que ia entrando após cabeceio de Lucas.

Aos poucos, o time visitante foi esfriando o ímpeto dos donos da casa e dando mostras de que estava satisfeito com o empate. Os paraenses ainda queriam mais um gol e, apesar do apoio da torcida, não conseguiram virar o placar e teve de amargar o terceiro empate seguido. Este é o 11.º resultado igual do time paraense, um recorde na competição.

As duas equipes voltam a campo nesta terça-feira pela 25.ª rodada da Série B. O Paysandu recebe o Bahia em mais uma partida no estádio Mangueirão, às 19h15. Mais tarde, às 21h30 (de Brasília), o Brasil-RS visita o Luverdense no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT).

FICHA TÉCNICA

PAYSANDU 1 x 1 BRASIL-RS

PAYSANDU - Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Gilvan e João Lucas (Rafael Costa); Ilaílson, Augusto Recife, Lucas e Tiago Luis (Robert); Maílson (Bruno Veiga) e Leandro Cearense. Técnico: Dado Cavalcanti.

BRASIL-RS - Eduardo Martini; Weldinho, Leandro Camilo, Cirilo e Marlon (Eduardo Brock); Leandro Leite, Wahington, Diogo Oliveira e Elias (Nathan); Felipe Garcia e Ramon. Técnico: Rogério Zimmermann.

GOLS - Weldinho, aos 4, e Tiago Luis, aos 15 minutos do primeiro tempo.

CARTÃO AMARELO - Bruno Veiga (Paysandu).

ÁRBITRO - Péricles Bassols Pegado Cortez (Fifa/PE).

RENDA - R$ 94.657,00.

PÚBLICO - 8.288 pagantes (9.642 no total).

LOCAL - Estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.