Gregorio Borgia/AP
Gregorio Borgia/AP

Em bom jogo, Roma e Inter de Milão empatam e veem Milan disparar no Italiano

Apesar de terem feito uma exibição de qualidade, resultado não é benéfico para nenhum dos dois times

Redação, Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2021 | 11h08

Em duelo direto pelas primeiras colocações do Campeonato Italiano, Inter de Milão e Roma, principais perseguidores do líder Milan, empataram por 2 a 2 neste domingo, no Estádio Olímpico, pela 17ª rodada. O resultado reflete o que foi a partida: equilibrada, movimentada e de bom nível técnico.

O empate, porém, não é benéfico para nenhum dos dois. A Inter continua na vice-liderança, com 37 pontos, mas viu a desvantagem para o Milan aumentar de um para três pontos, já que o arquirrival venceu o Torino no sábado por 2 a 0. A Roma se manteve no terceiro posto, com 34, a seis da equipe rossonera.

O time romanista chegou ao quarto jogo sem perder, enquanto que a equipe de Milão, que ficou invicta por um longo período, não triunfou em seus dois últimos confrontos. Os dois fazem boa campanha na liga italiana, mas não apresentam a regularidade e consistência do Milan, que perdeu apenas uma partida no torneio.

Os rivais criaram oportunidades de gols desde o início. Os anfitriões começaram melhor e inauguraram o marcador com o atacante Pellegrini, aos 16 minutos, em arremate da meia-lua rasteiro, no canto direito do goleiro Handanovic, que foi fundamental para salvar a Inter na sequência com duas boas defesas.

Depois de perder várias chances, a mais incrível dela com o argentino Lautaro Martinez, que parou no goleiro Pau López na pequena área, o time do técnico Antonio Conte colocou o pé na forma no segundo tempo e precisou de 17 minutos para virar a partida.

Aos 10, o zagueiro eslovaco Skriniar subiu mais alto que toda a defesa rival e cabeceou com força para empatar. A virada veio sete minutos depois, com o lateral-direito marroquino Hakimi, que marcou um golaço da entrada da área. Ele puxou para a perna esquerda e acertou o ângulo direito de Pau López. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

A Roma se viu presa na marcação do adversário, com dificuldade para encontrar os espaços, mas conseguiu o empate pelo alto, na pressão final. Aos 40 minutos, em cruzamento da direita, o zagueiro Mancini resvalou de cabeça e mandou no cantinho de Handanovic, decretando a igualdade na capital italiana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.