Staff Images|Flamengo
Staff Images|Flamengo

Em Brasília, Flamengo bate Grêmio na estreia pela Copa da Primeira Liga

Colombiano Berrío marca em seu primeiro jogo e sela vitória da equipe por 2 a 0

Thiago Rabelo, especial para a AE, Estadao Conteudo

08 Fevereiro 2017 | 22h06

O Flamengo estreou na Copa da Primeira Liga com vitória sobre o Grêmio por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Além de triunfar e assumir a ponta do Grupo B da competição, o time rubro-negro viu o colombiano Berrío entrar em campo pela primeira vez com a camisa do clube e marcar o segundo gol do time na capital federal.

Com três pontos, os cariocas estão na primeira posição do grupo, enquanto que o time tricolor é o lanterna, sem ponto conquistado. Com 100% de aproveitamento na temporada, o Flamengo disputa o clássico contra o Botafogo, neste domingo, no estádio do Engenhão, no Rio, pelo Campeonato Carioca. Já o Grêmio, no mesmo dia, enfrenta o Passo Fundo, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Gaúcho.

Com força máxima em campo, o Flamengo quis logo aproveitar a vantagem para largar na frente. Nos primeiros três minutos de jogo, duas finalizações, ambas em jogo aéreo, com Réver e Willian Arão, que assustaram à torcida gremista.

Após os dois sustos, o Grêmio equilibrou o jogo e também ameaçou duas vezes com Michel, em cabeceio para fora, e Everton, chute fraco em cima de Alex Muralha. Mas os dois times diminuíram o ritmo e demoraram a se arriscarem novamente. Aos 37 minutos, o gol quase surgiu em falha de Bruno Grassi. O goleiro saiu mal do gol e entregou nos pés de Guerrero. O centroavante dominou e chutou forte, mas viu o adversário se recuperar e fazer a defesa.

Quando o primeiro tempo parecia definido, o Flamengo abriu o marcador. Aos 42 minutos, Diego fez boa jogada, passou para o peruano Trauco, que entregou para Éverton chutar forte e fazer 1 a 0.

Sem o técnico Renato Gaúcho, que ficou em Porto Alegre com o time titular, o auxiliar Alexandre Mendes não fez mudanças no intervalo. Esperou os primeiros 10 minutos do segundo tempo, período em que o time rubro-negro teve maior posse de bola, para colocar Jael no lugar de Michel. A mudança fez o time ganhar espaço e quase empatou com Bolaños, em chute de fora da área e grande defesa de Alex Muralha.

As substituições surtiram efeito, com o time tricolor melhor. Aos 23 minutos, Everton chutou forte e Alex Muralha fez nova boa intervenção. Aos 26, em rápido contra-ataque, Cortez foi à linha de fundo e passou para Jael, mas Willian Arão salvou os cariocas. Mas, quando o momento era melhor, o Grêmio sofreu o gol. Aos 32, em cobrança de escanteio, Bruno Grassi não segurou o cabeceio de Guerrero e entregou para Berrío. O colombiano não perdoou e fez 2 a 0.

Aos 40 minutos, em novo escanteio, quase o terceiro gol. Diego levantou na área e Guerrero cabeceou forte. Novamente Bruno Grassi se atrapalhou, mas conseguiu se recuperar antes de Réver finalizar. Com a vitória sacramentada, o Flamengo ainda teve duas tentativas, com Rafael Vaz e Willian Arão, mas não conseguiu ampliar mais a vitória em Brasília.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 0 GRÊMIO

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo, Willian Arão, Mancuello (Berrío) e Diego (Márcio Araújo); Éverton (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

GRÊMIO - Bruno Grassi; Leo Moura, Rafael Thyere, Bressan e Cortez; Arthur, Michel (Jael), Kaio, Fernandinho e Everton (Maxi Rodriguez); Miller Bolaños. Técnico: Alexandre Mendes (auxiliar).

GOLS - Éverton, aos 42 minutos do segundo tempo; Berrío, aos 32 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Diego (Flamengo); Bressan (Grêmio).

ÁRBITRO - Bráulio Machado da Silva (SC).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.