Rosiron Rodrigues/Goiás
Rosiron Rodrigues/Goiás

Atrás da reação, Goiás encara Santos para defender sequência invicta em casa

Jogando no Serra Dourada, time do técnico Ney Franco não sabe o que é perder há oito jogos: seis vitórias e dois empates

Redação, Estadão Conteúdo

09 de novembro de 2019 | 12h57

O Goiás aposta no bom retrospecto recente no Serra Dourada para se reabilitar no Brasileirão neste sábado, diante do Santos, às 17 horas, em partida válida pela 32ª rodada do campeonato. Diante do seu torcedor em Goiânia, o time está invicto há oito jogos, sendo seis vitórias e dois empates. A última derrota foi há dois meses, quando perdeu para o vice-líder Palmeiras, 2 a 1. Na décima colocação, o Goiás tem 42 pontos.

Apesar de não ter tido tempo para treinar depois da derrota para o Atlético-MG, por 2 a 0, em Belo Horizonte, na última quarta-feira, o técnico Ney Franco deve fazer mudanças significativas no time. Machucado, o lateral-direito Yago Rocha foi vetado pelos médidos do clube. O substituto será o volante Breno. Ainda na defesa, Fábio Sanches retorna após cumprir suspensão automática.

Sem poder contar com o experiente atacante Rafael Moura, suspenso pelo terceiro amarelo, Ney Franco estuda mudar o esquema tático para o 4-4-2. Nesse caso, o substituto seria o meia Thalles. Outra novidade no meio-campo é o retorno de Yago Felipe, recuperado de contusão. "A gente sonha grande, em brigar pela classificação para uma competição internacional, mas antes precisamos conseguir os 45 pontos (para escapar do rebaixamento). Vamos passo a passo", disse o atacante Leandro Barcia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.