Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Em busca da última glória, Rogério Ceni mira título da Sul-Americana

Goleiro pretende se aposentar no fim desta temporada

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

26 de setembro de 2013 | 07h30

SÃO PAULO - Ao longo dos 23 anos de São Paulo, Rogério Ceni se acostumou a levantar os troféus mais importantes que um jogador pode sonhar e foi protagonista de várias conquistas. Mas a menos que mude de ideia e postergue a aposentadoria por um ano, o capitão tem na Copa Sul-Americana a última chance de encerrar a carreira com um título. Pelo menos por enquanto, o goleiro tem dado declarações que indicam que mantém firme a ideia de parar, apesar de os companheiros ainda não terem certeza sobre a sua aposentadoria.

A temporada tem sido de dissabores para Rogério. Motivado justamente pelo título do ano passado, ele entrou em 2013 com a certeza de que teria uma equipe competitiva e em condições de pensar grande, mas os fracassos foram chegando e rapidamente a esperança se transformou em desolação. Ele cobrou os companheiros, bateu de frente com a diretoria ao dizer que o São Paulo parou no tempo, protagonizou um tiroteio verbal com Ney Franco - que disse não ter tido nele o capitão que precisava - e ficou visivelmente abatido com a série de derrotas que derrubaram o São Paulo para a zona de rebaixamento. Só agora começa a mostrar certo otimismo.

Recentemente o goleiro fez uma reunião fechada com os jogadores e pediu um esforço extra para tirar o Tricolor das últimas posições do Brasileiro, tamanha é sua preocupação com o desempenho na competição.

Apesar do forte apelo do possível fim da carreira de Rogério, Muricy Ramalho não acredita que isso torne a disputa da Sul-Americana ainda mais importante. "Tudo é importante. Claro que não estamos numa situação confortável no Brasileiro, mas precisamos levar a Sul-Americana a sério porque o São Paulo precisa sempre entrar nas competições para ganhar", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.