Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos
Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos

Em busca de ponta e lateral para o Santos, Peres elogia Robinho e Pará

Presidente do clube cita ex-jogadores do clube como possíveis reforços para o elenco

Redação, Estadão Conteúdo

29 de julho de 2019 | 12h54

Agora líder do Campeonato Brasileiro, o Santos segue em busca de reforços para a sequência da temporada. E eles podem ser dois jogadores bem conhecidos pela torcida. Afinal, o presidente José Carlos Peres revelou a busca por um lateral-direito e um atacante, tendo realizado elogios a Pará e Robinho.

"Nós só temos um lateral-direito. Se machucar, complica. Precisamos de um lateral-direito e de um atacante de beirada para substituir o Rodrygo. O Marinho faz esse função, mas precisamos de mais um. Só que é difícil encontrar", afirmou o dirigente em entrevista à TV Gazeta.

Robinho está no Istanbul Basaksehir, da Turquia, desde a segunda metade da temporada 2018/2019, tendo marcado quatro gols em 18 jogos disputados. E o seu retorno à Vila Belmiro não deve ser fácil, pois ele tem contrato por mais um ano com o clube. Além disso, a janela para contratações de jogadores que estão no exterior se fechará na próxima quarta-feira.

Ídolo histórico do Santos, Robinho, de 35 anos, Robinho teve três passagens pelo clube onde iniciou a sua carreira. E Peres deixou claro que as portas do clube estão abertas para ele.

"É Menino da Vila, mas tem contrato na Turquia e dificulta. Conversamos bastante com a Marisa (Alija), empresária dele. Ele é sempre bem-vindo, bom de vestiário. É ídolo", disse o presidente do clube, que busca mais um ponta no mercado para compensar a saída de Rodrygo.  

Pará, de 33 anos, passou pelo Santos de 2008 e 2012. O lateral-direito disputou seis jogos pelo Flamengo no Campeonato Brasileiro, portanto, pode se transferir para outro time, desde que não atue mais pela equipe em outra competição.

Ele perdeu espaço no Flamengo após a contratação de Rafinha, o que poderia facilitar a sua saída, sendo que o Santos está há algum tempo em busca de um reserva para Victor Ferraz. "Pará depois que saiu da Vila cresceu muito, jogou por Flamengo, Grêmio, é de qualidade", disse Peres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.