Rusell Cheyne / Reuters
Rusell Cheyne / Reuters

Em busca de vaga na Eurocopa, seleção da Escócia anuncia novo técnico

Será a segunda passagem do treinador no time nacional; na anterior, em 2008, não conseguiu a vaga no torneio europeu

Estadão Conteúdo

16 de fevereiro de 2018 | 10h34

A seleção da Escócia tem novo técnico. Com o objetivo de conquistar a classificação para a Eurocopa de 2020, a Associação de Futebol Escocesa anunciou nesta sexta-feira a contratação de Alex McLeish para o cargo. Ele assinou um contrato válido até 2020 com a entidade.

+ Fora da Copa de 2018, Holanda inicia reconstrução com vitória sobre a Escócia

+ Técnico da Irlanda do Norte é detido por dirigir embriagado

A oficialização do acerto com McLeish, técnico com passagens por clubes como Rangers, Aston Villa e Birmingham, encerra um longo processo de busca de um sucessor para Gordon Strachan, que foi demitido em outubro de 2017, após o fracasso na briga da Escócia para ir à Copa do Mundo. O processo se prolongou especialmente porque a associação falhou na tentativa de convencer Michael O'Neill a deixar o comando da seleção da Irlanda do Norte para assumir a equipe.

McLeish, de 59 anos, dirigiu a seleção escocesa em 2007 em dez jogos, com sete vitórias e três derrotas, mas sem obter a vaga na Eurocopa de 2008. O treinador não trabalha desde maio de 2016, quando deixou o comando do egípcio Zamalek. Na sua carreira como jogador, fez parte do grupo da seleção escocesa nas edições de 1982, 1986 e 1990 da Copa do Mundo.

Em 31º lugar no ranking da Fifa, a Escócia não se classifica para um grande torneio desde a sua participação na Copa de 1998. Os seus próximos compromissos - e os primeiros de McLeish no cargo - serão amistosos contra a Costa Rica e a Hungria, ambos em março, nos dias 23 e 27, respectivamente.

O Hampden Park, em Glasgow, foi selecionado para receber três jogos da fase de grupos e um das oitavas de final da Eurocopa de 2020, que vai ser disputada em 12 cidades. Porém, ser uma das sedes não garante às seleções nacionais dos seus países uma vaga na competição. Por isso, os escoceses terão que buscar a classificação através das Eliminatórias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.