Sang Tan/AP
Sang Tan/AP

Em busca de vaga na seleção, Oscar faz bonito e Fred sofre com a bola

De maneira geral, postulantes a um lugar no time de Felipão vão bem no fim de semana

O Estado de S. Paulo

27 de janeiro de 2014 | 05h01

SÃO PAULO - A busca por uma lugar na seleção brasileira que vai tentar o hexacampeonato mundial a partir de 12 de junho fica acirrada a cada fim de semana. Apesar de o técnico Luiz Felipe Scolari alardear que já tem mais de 70% do grupo que levará à Copa do Mundo definido, os jogadores sabem que uma excelente sequência de partidas pode fazê-lo rever alguns conceitos - o contrário também se aplica e uma má fase nesta altura pode ser fatal - e, por isso, há uma dose extra de aplicação.

Nos jogos do fim de semana em competições europeias e campeonatos estaduais, teve brasileiro que anda de olho numa vaga se destacando e outros mostrando que precisam reagir. Um dos preferidos de Felipão, o meia Oscar fez uma grande partida pelo Chelsea. Participou de praticamente todas as jogadas ofensivas do time contra o Stoke City, pela Copa da Inglaterra, e ainda garantiu a passagem para a próxima fase com um belo gol de falta.

No outro extremo, outro jogador cujo nome compõe a lista de titulares nesse momento, Fred, mostrou na partida do Fluminense contra o Nova Iguaçu estar bem longe do centroavante decisivo que ganhou a confiança do treinador. Em sua segunda partida após longa parada por lesão muscular, sofreu em campo. Visivelmente fora de forma física e sem ritmo, chegou a apanhar da bola.

Dos titulares de Felipão, aliás, quatro não jogaram no fim de semana. Três por contusão - Paulinho, do Tottenham; Neymar, do Barcelona; e Thiago Silva, do Paris Saint Germain, este poupado por causa de dores no tornozelo - e o goleiro Julio Cesar, que não faz parte dos planos do QPR inglês e negocia volta ao futebol italiano neste final da janela de transferência do futebol europeu.

Dois jogos na Europa tiveram em campo vários brasileiros que perseguem lugar na turma de Felipão. O do Chelsea contra o Stoke, além do brilho de Oscar teve boas atuações de David Luiz e Ramires, mas William só entrou aos 35 minutos do segundo tempo. Na França, o PSG tropeçou do Guingamp, mas Lucas, que entrou no segundo tempo foi bem. O lateral-esquerdo Maxwell teve uma partida discreta, aparecendo mais no apoio. O zagueiro Marquinhos estava bem, mas no lance do gol do Guingamp subiu pouco e permitiu a cabeçada do avante rival.

Os milanistas viveram um domingo distinto. Pelo jogo com o Cagliari Kaká ganhou alguns pontinhos, mas Robinho, que agradou a Felipão nos últimos amistosos da seleção no ano passado, quase nada fez e foi retirado do time por Seedorf.

Dos zagueiros brasileiros cotados para jogar a Copa, o cruzeirense Dedé teve pouco trabalho no jogo com a URT, mas quando precisou intervir foi bem. E Henrique fez partida regular pelo Palmeiras contra o Atlético Sorocaba.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.