Raul Spinassé/EFE
Raul Spinassé/EFE

Em busca de vaga, Paraguai encara 'desinteressada' Colômbia na Fonte Nova

Equipe de Gatito Fernandez vem de dois empates e pega adversário já classificado na Fonte Nova

Leandro Silveira, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2019 | 04h30

Um duelo de invictos, mas com seleções sob perspectivas bem diferentes. Será assim o confronto deste domingo entre as seleções da Colômbia e do Paraguai, a partir das 16 horas, pela rodada final do Grupo B da Copa América e que será disputado na Fonte Nova, em Salvador.

O interesse na partida é todo do Paraguai. Afinal, a equipe empatou os seus dois duelos anteriores, contra Catar (2 a 2) e Argentina (1 a 1), o que a deixou na segunda posição da chave, com dois pontos. E agora precisa de um triunfo para se garantir nas quartas de final.

Para isso, o Paraguai terá de lidar com a dificuldade de manter a vantagem no placar. Afinal, em ambos compromissos largou na frente - chegou a fazer 2 a 0 contra o Catar -, mas cedeu o empate, o que coloca em risco a sua sequência na Copa América, especialmente se o confronto entre os seus adversários nas rodadas iniciais tiver um vencedor.

"Contra a Argentina, a gente fez um grande jogo, a gente está no caminho certo. Foi nosso segundo jogo na Copa América, acho que podemos tirar pontos positivos desses jogos", disse o goleiro Gatito Fernández, fazendo uma avaliação positiva da participação da sua equipe na competição.

A novidade para a seleção paraguaia deverá o ser retorno do veterano atacante Óscar Cardozo, de 36 anos, poupado na partida contra a Argentina, por causa do desgaste muscular. Mas a tendência é que ele seja aproveitado pelo técnico Eduardo Berizzo neste domingo.

Com vitórias sobre Catar e Argentina nas duas rodadas iniciais, a Colômbia está com seis pontos e não apenas assegurou com antecedência a passagem às quartas de final, assim como garantiu a liderança do seu grupo. Assim, inclusive, já sabe onde e quando vai atuar na próxima fase - será na sexta-feira, na Arena Corinthians, contra o segundo colocado do Grupo C.

Assim, o duelo deste domingo terá caráter amistoso para o time dirigido pelo treinador português Carlos Queiroz. E ele deve aproveitar o confronto para rodar o elenco, dando descanso a alguns jogadores. Isso inclui aqueles que já receberam cartão amarelo na competição. E eles são cinco: Cuadrado, Falcão García, Lerma, Zapata e Mateus Uribe. Isso vai abrir espaço para jogadores como o flamenguista Cuellar receberem uma chance antes do começo do mata-mata.

"Chegamos com uma ideia clara, que era classificar, passo a passo, partida a partida. Seguir trabalhando da mesma forma, porque queremos um objetivo maior", afirmou o meio-campista, confiante em ir bem longe com a Colômbia nesta Copa América.

Uma ausência certa é a do goleiro Ospina, liberado na última sexta-feira para deixar a concentração da Colômbia por causa de problemas de saúde envolvendo o seu pai. E sem um dos seus titulares absolutos, Queiroz precisará recorrer a Alvaro Montero, do Tolima, ou Camilo Vargas, do Atlético Nacional e favorito a ser escalado na Fonte Nova.

FICHA TÉCNICA:

COLÔMBIA X PARAGUAI

COLÔMBIA - Camilo Vargas; Medina, Mina, Davinson e Tesillo; Barrios, Cuellar e James Rodríguez; Roger Martínez, Muriel e Luis Diaz. Técnico: Carlos Queiroz.

PARAGUAI - Gatito Fernández; Piris, Gustavo Gómez, Alonso e Arzamendía; Rodrigo Rojas, Richard Sánchez, Almirón e Matías Rojas; Oscar Cardozo e Federico Santander. Técnico: Eduardo Berizzo.

HORÁRIO - 16 horas.

ÁRBITRO - Victor Carillo (Fifa/Peru).

LOCAL - Fonte Nova, em Salvador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.