Ivan Storti / Santos FC
Ivan Storti / Santos FC

Em busca do vice, Santos joga contra o Fortaleza por recorde nos pontos corridos

Equipe alvinegra ainda disputa com o Palmeiras o segundo lugar e pode atingir pontuação histórica

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2019 | 04h33

O Santos não vai terminar o Campeonato Brasileiro como campeão, mas ao menos pode alcançar uma marca histórica na atual edição do torneio nacional: o recorde de pontos do clube na era dos pontos corridos com 20 participantes (desde 2006). E essa façanha pode ser conquistada nesta quinta-feira, quando o time vai enfrentar o Fortaleza no Castelão, às 20 horas.

Em 2016, o Santos foi vice-campeão brasileiro com 71 pontos (nove a menos do que o campeão Palmeiras), campanha que tenta repetir em 2019. Agora o time é o segundo colocado da competição, com 68. Isso significa que o recorde será igualado com uma vitória sobre o Fortaleza - restando ainda três partidas para superar a marca.

Vencer o Fortaleza, porém, não será tarefa fácil, e o jogo entre as equipes válido pelo primeiro turno prova isso. Na Vila Belmiro, o Santos abriu 3 a 0 no primeiro tempo e parecia que conseguiria uma grande goleada, mas o Fortaleza reagiu na etapa final e empatou a partida por 3 a 3.

Segundo o zagueiro Lucas Veríssimo, o duelo desta quinta-feira deverá ser de alta qualidade por causa dos dois treinadores, Jorge Sampaoli (Santos) e Rogério Ceni (Fortaleza). "Vai ser um grande jogo, duas grandes equipes. Vai ser um jogo em que os treinadores têm ideias parecidas: jogar para frente, jogar com a bola. Acredito que vai ser um grande espetáculo."

Lucas Veríssimo não terá no Castelão a companhia de Gustavo Henrique, que está suspenso, assim como o atacante Marinho. Já o lateral-esquerdo Jorge não vai jogar por causa de um problema muscular.

Na defesa, o principal candidato a substituir Gustavo Henrique é Luiz Felipe. O paraguaio Derlis González tem boas chances de ser o escolhido para jogar no lugar de Marinho e o meia Diego Pituca, autor de um gol na vitória sobre o Cruzeiro, no sábado, deverá voltar à equipe titular na vaga de Evandro.

FORTALEZA

O Fortaleza pode definir sua permanência na Série A do Campeonato Brasileiro nesta quinta-feira. Para o duelo, Rogério Ceni fechou o último treino e optou por fazer mistério na escalação. A novidade fica por retorno do zagueiro Paulão, que não atuou no empate por 2 a 2 diante do Internacional por questões contratuais.

Por outro lado, Rogério Ceni não poderá contar com Carlinhos, suspenso, e Jackson, entregue ao departamento médico. A principal dúvida do treinador gira em torno de Gabriel Dias. Destaque contra o Inter, o atleta briga por posição com Tinga, outro que fez boa partida frente aos clube gaúcho.

"Vão descobrir sobre a equipe um pouco antes do jogo. Sabemos como trabalha a equipe do Santos. É um time com muita intensidade, que gosta de ficar com a bola nos pés. Vamos fazer o que estamos acostumados para tentar sair com a vitória", falou Gabriel Dias.

Com uma vitória, o Fortaleza confirma sua permanência na divisão e poderá sonhar com algo a mais no torneio. Hoje, está na zona de classificação à Sul-Americana, com 43 pontos. "Seria uma pretensão acima do normal. Estamos brigando para se manter na Série A e quando alcançar isso, vamos ter uma oportunidade de jogar uma Sul-Americana, que seria a primeira competição internacional do Fortaleza. Estamos todos nos dedicando para se manter na Série A", disse Rogério Ceni.

FICHA TÉCNICA

FORTALEZA x SANTOS 

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Quintero e Bruno Melo; Felipe e Juninho; Romarinho, André Luís, Osvaldo e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.  

SANTOS - Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Luiz Felipe e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Derlis González, Eduardo Sasha e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO - Diego Pombo Lopez (BA).

HORÁRIO - 20 horas.

LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE). 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.