Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Em Campinas, Santos busca a reabilitação no Paulistão contra a Ponte Preta

Alvinegro da Vila Belmiro luta para retomar o caminho das vitórias após revés para o Bragantino

O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2018 | 07h00

A derrota em plena Vila Belmiro para o Bragantino, na última segunda-feira, deixou o técnico Jair Ventura muito aborrecido e o objetivo dele para o Santos nesta quinta contra a Ponte Preta, a partir das 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela terceira rodada do Campeonato Paulista, é um só: a reabilitação.

+ Ídolo do Santos, Clodoaldo é demitido do cargo de consultor

+ Apesar de derrota, Sasha celebra estreia e vê Santos no caminho certo

Uma das armas do treinador é o atacante colombiano Jonathan Copete. Apontado como alvo do Atlético Mineiro e do Atlético Nacional, da Colômbia, o jogador admitiu nesta quarta-feira que recebeu propostas para deixar o Santos, mas garantiu que está focado no clube, que não o liberou após pedido de Jair Ventura.

"Saber que tenho propostas faz parte do trabalho. Me deixa claro as coisas que quero para a minha carreira. Agora minha cabeça está no Santos. Dois mil e dezoito é um ano muito importante, com muitas coisas pela frente", disse o atacante em entrevista à Santos TV, o canal de vídeos do clube no YouTube.

Com menos opções ofensivas após a saída de Ricardo Oliveira e contando com a versatilidade de Copete, que também pode jogar na lateral esquerda, posição que não tem mais Zeca, Jair Ventura pediu a permanência do atacante que garantiu estar feliz no Santos.

"Estou muito focado. O Santos foi o time que me deu a possibilidade de estar aqui no Brasil e vestir esse manto sagrado. Para mim é muito importante as pessoas que estão à frente do clube desejarem que eu fique. Pra mim é muito gratificante a possibilidade de poder vestir de novo a camisa do Santos", completou Copete.

PONTE PRETA

Se alguém pensa que a Ponte Preta vai apenas se defender diante do Santos, está bastante enganado. Pelo menos é o que garante o técnico Eduardo Baptista, que manteve a espinha dorsal do time que perdeu para o Linense, também diante de sua torcida, e, portanto, busca a reabilitação.

Para Eduardo Baptista, é necessário ser competitivo diante de um adversário forte e que sempre revela jovens talentos. "Claro que vamos marcar muito, porém é preciso ter calma e consciência com a bola nos pés para atacar no momento certo. Acredito que teremos um bom jogo", analisou o técnico, lembrando que ainda seu time está bem abaixo das condições ideais, mas que aos poucos vai ganhar força física e mais entrosamento.

Aliás, pensando em entrosamento, ele pouco vai mexer no time. Confirmou uma esperada mudança no meio de campo com a entrada do volante Marciel, emprestado pelo Corinthians, no lugar do jovem Marquinhos. "O menino (Marquinhos) foi muito bem nos dois primeiros jogos, porém o Marciel tem muita qualidade no passe e vai ajudar bastante na transição da defesa para o ataque. Nós precisaremos sair bem rápido, que é também uma qualidade do adversário, que sai da defesa em alta velocidade", justificou.

Eduardo Baptista, porém, deixou a dúvida no ataque entre Yuri e Fellipe Cardoso, um garoto de 19 anos que veio da Segunda Divisão paulista (Osvaldo Cruz) e caiu na graça do comandante. "Ele ainda não tem aquele traquejo porque vem de uma competição mais violenta, de muito choque. Mas protege bem a bola e abre espaço para os companheiros", revelou o técnico, que admitiu manter Yuri no meio do ataque "por ser um finalizador nato".

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA x SANTOS

PONTE PRETA - Ivan; Emerson, Luan Peres, Renan Fonseca e Jeferson; Marciel, Tiago Real e Léo Artur; Felipe Saraiva, Felipe Cardoso e Silvinho. Técnico: Eduardo Baptista.

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, David Braz e Romário (Caju); Alison; Arthur Gomes, Matheus Jesus, Vecchio e Copete; Rodrigão. Técnico: Jair Ventura.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

HORÁRIO - 19h30.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Mais conteúdo sobre:
Santos Futebol Clube Ponte Preta futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.