Em campo encharcado, Audax e Rio Claro ficam no 0 a 0 pelo Paulistão

Jogo foi truncado e sem um bom futebol no castigado gramado do José Liberatti

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2014 | 18h13

OSASCO - A tão esperada chuva neste período de seca acabou sendo a principal vilã na partida entre Audax e Rio Claro neste sábado. As duas equipes empataram sem gols, no Estádio José Liberatti, pela oitava rodada do Campeonato Paulista. Com o campo encharcado e o gramado castigado, o jogo foi truncado e sem um bom futebol.

Este foi o terceiro jogo sem vitória do Audax, que soma 10 pontos dentro do Grupo B, na quarta posição, atrás de XV de Piracicaba, com 10, Ituano, 12, e Botafogo, 16 pontos. Invicto há quatro jogos, o Rio Claro tem 12 pontos no Grupo D, em terceiro lugar, atrás do Bragantino, com 13, e do Palmeiras, com 19.

O gramado do estádio municipal de Osasco nunca foi bom. E tem sido usado por dois times, tendo em vista que pela manhã o Grêmio Osasco venceu o Velo Clube, por 3 a 0, pela Série A2. Com a chuva que cai desde sexta-feira, as condições do campo ficaram ainda mais deterioradas.

O campo ruim acabou prejudicando mais o Audax, por ter melhor toque de bola. Por isso mesmo, o Rio Claro se adaptou melhor às péssimas condições do gramado. E teve a melhor chance de gol, aos 42 minutos. Após cobrança de falta, o zagueiro Renan desviou de cabeça e a bola explodiu no travessão do goleiro Fernando Diniz.

No segundo tempo, pouca coisa mudou. Os dois times ficaram à espera "daquela única bola" para marcar o gol. O Audax teve uma chance aos 32 minutos, mas a bola foi interceptado pela defesa. O esperado gol não aconteceu para nenhum dos dois lados.

Pela nona rodada, o Audax vai enfrentar o Bragantino, quarta-feira, às 15 horas, de novo em casa. Na terça-feira à noite, o Rio Claro recebe o Botafogo, no Estádio Augusto Schimidt.

FICHA TÉCNICA:

AUDAX 0 x 0 RIO CLARO

AUDAX - Felipe Alves; Francis, André Castro, João Paulo e Carlos Magno (Ednei); Velicka, Tchê Tchê (Diego), Camacho, Rafinha e André Castro; Denilson (Caion) e Thiago Silvy. Técnico: Fernando Diniz.

RIO CLARO - Cléber; Carlinhos, Renan, Marcus Vinícius e Thiago Cristian; Nando Carandina, Samuel, Patrick Silva (Wendell) e Róbson; André Luiz (Alex Afonso) e Rafael Costa. (Rodrigo Celeste) Técnico: Fahel Júnior.

CARTÕES AMARELOS - Camacho e Diego (Osasco); Carlinhos, Alex Afonso e Cléber (Rio Claro).

ÁRBITRO - Antônio Rogério Batista do Prado.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 660 pagantes.

LOCAL - Estádio José Liberatti, em Osasco (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.