Em casa, Bragantino sofre para vencer o lanterna ABC

Longe de mostrar um futebol bonito e competente, o Bragantino fez o suficiente para vencer o ABC por 2 a 1, nesta terça-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Com isso, o time paulista se reabilitou da derrota para o Guaratinguetá, voltou a vencer após cinco jogos e chegou aos 30 pontos, em 11.º lugar. O clube potiguar, que tinha sido goleado pelo Ceará por 4 a 0 na rodada anterior, continua na lanterna, com apenas 17 pontos.

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 00h06

O Bragantino começou mais ligado e abriu o placar aos 9 minutos em jogada individual de Alex. Ele recebeu o passe de Preto, passou por dois adversários e, dentro da área, bateu cruzado. Depois disso, o time paulista recuou muito e quase foi castigado aos 22. Após levantamento de falta, Somália desviou de cabeça, a bola tocou nas pernas do goleiro Leandro Santos e ainda bateu no pé da trave. Lance de pura sorte.

Fora isso, o Bragantino tinha o domínio em campo e ampliou o placar aos 41 minutos. Preto lançou Diego Macedo no lado direito da área e ele cruzou para a pequena área, onde o estreante Nilson completou de chapa, de pé esquerdo, para as redes.

O técnico Roberto Fernandes promoveu duas mudanças para a volta do intervalo. Colocou Wesley Bigu e Lima, respectivamente, nos lugares de Michel Schmoller e Daniel Paulista. E o time potiguar diminuiu o placar logo aos 24 segundos. Após cobrança de lateral, Schwenck levantou a bola no outro lado e Alvinho completou de cabeça, dando um mergulho para acertar a bola.

Este gol deu ânimo ao ABC, que passou a dominar as ações. Tanto que o técnico Vagner Benazzi tirou o atacante Tiaguinho para a entrada do volante Serginho, justamente para reforçar a marcação. Aos 15 minutos, o time potiguar perdeu o zagueiro Gilson, expulso por falta violenta. Mesmo com um a menos, continuou melhor em campo e deu dramaticidade ao jogo. Aos 37 minutos, porém, Bileu também foi expulso deixando o clube de Natal com dois jogadores a menos. Daí, o empate só mesmo por um milagre.

Nesta sexta, pela 24.ª rodada, o Bragantino vai enfrentar o São Caetano, às 19h30, na região do ABC paulista. No sábado, às 16h20, o ABC vai receber a Chapecoense, em Natal.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 2 x 1 ABC

BRAGANTINO - Leandro Santos (Gilvan); Diego Macedo, Yago, Raphael Andrade e Alex; Carlinhos, Preto, Gustavo e Tiaguinho (Serginho); Dudu e Nilson (Tiago Cavalcante). Técnico: Vagner Benazzi.

ABC - Wilson Júnior; Bileu, Gilson, Rogélio e Lino; Michel Schmoller (Lima), Daniel Paulista (Wesley Bigu), Somália (Pingo) e Giovanni Augusto; Alvinho e Schwenck. Técnico: Roberto Fernandes.

GOLS - Alex, aos 9, e Nilson, aos 41 minutos do primeiro tempo; Alvinho, aos 24 segundos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Alex, Carlinhos e Gustavo (Bragantino); Geovanni Augusto, Daniel Paulista e Pingo (ABC).

CARTÕES VERMELHOS - Gilson e Bileu (ABC).

ÁRBITRO - Elmo Alves Resende Cunha (GO).

RENDA - R$ 6.303,50.

PÚBLICO - 732 pagantes.

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBragantinoABCSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.