Em casa, Criciúma vence o Vila Nova e encosta no G4 da Série B do Brasileiro

Catarinenses sobem duas posições na tabela e ocupam a sexta colocação com 46 pontos

Estadão Conteúdo

07 Outubro 2016 | 22h42

Com gol de Niltinho, de pênalti, o Criciúma encostou novamente no G4 - a zona de acesso - ao derrotar o Vila Nova pelo placar de 1 a 0, em partida realizada nesta sexta-feira, no estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o Criciúma ganhou duas posições na tabela de classificação e ocupa a sexta colocação com 46 pontos, a dois do G4. O Vila Nova, por sua vez, confirma o seu papel de coadjuvante na competição e fica na tranquila 12.ª posição, com 40.

Após muito estudo por ambos os lados, o primeiro tempo foi ganhar em emoção apenas na sua segunda metade. Aos 26, Roberto aproveitou a falha na defesa do Vila Nova, saiu de frente para Saulo, que acabou cometendo penalidade máxima. Na cobrança, Niltinho mandou para o fundo das redes.

O gol inflamou o Criciúma, que foi para o abafa. Aos 38 minutos, Thiago Humberto colocou a bola na cabeça de Jheimy. O atacante desviou no capricho, na trave. A resposta veio com Victor Bolt, que arriscou de longe e mandou muito perto do gol de Luiz. Na sequência, Joãozinho recebeu dentro da área e chutou. Barreto se jogou na bola e evitou o que seria o empate do clube goiano.

No segundo tempo, o Vila Nova adiantou a sua marcação e foi para a pressão no Criciúma, que se fechou para administrar o resultado. Aos 16 minutos, Fabinho recebeu na entrada da área e exigiu uma grande defesa de Luiz. A bola ainda voltou para Fagner. O volante arriscou o chute, mas parou no goleiro.

Os últimos minutos foram de ataque contra defesa. Com os 11 homens atrás da linha do meio de campo, o Criciúma se defendeu como podia para assegurar o resultado, enquanto que o Vila Nova, com duas linhas de quatro na frente da área, teve que optar pelos tiros de longa distância. Mas encontrou o goleiro Luiz em um dia inspirado.

Na próxima rodada, a 31.ª, o Criciúma enfrenta o Bragantino nesta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP). O Vila Nova só entra em campo no outro sábado, dia 15, às 16 horas, diante do Goiás, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

CRICIÚMA 1 x 0 VILA NOVA

CRICIÚMA - Luiz; Paulo Cezar, Raphael Silva (Ferron), Diego Giaretta e Niltinho; Douglas Moreira (Clayton), Barreto (Ricardinho), Caíque Valdívia e Thiago Humberto; Jheimy e Roberto. Técnico: Roberto Cavalo.

VILA NOVA - Saulo; Guilherme Teixeira, Vinícius Simon e Reginaldo; Maguinho, Fagner, Geovane, Wellington Simião (Frontini), Victor Bolt (Fabinho) e Christiano (Joãozinho); Moisés. Técnico: Guilherme Alves.

GOL - Niltinho (pênalti), aos 28 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Paulo Cezar (Criciúma); Saulo, Reginaldo, Vinícius Simon, Maguinho e Victor Bolt (Vila Nova).

CARTÃO VERMELHO - Guilherme Teixeira (Vila Nova).

ÁRBITRO - Emerson Luiz Sobral (PE).

RENDA - R$ 55.690,00.

PÚBLICO - 4.921 pagantes.

LOCAL - Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.