Thiago Teixeira/ AE-14/7/2011
Thiago Teixeira/ AE-14/7/2011

Em casa, Internacional decide a Recopa Sul-Americana

Time pega o Independiente no Beira-Rio reforçado de Oscar, destaque da final do Mundial Sub-20

ELDER OGLIARI, Agência Estado

24 de agosto de 2011 | 08h15

PORTO ALEGRE - Internacional e Independiente decidem a Recopa Sul-Americana nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Como venceu o primeiro jogo por 2 a 1, no último dia 10, o time argentino tem a vantagem de jogar pelo empate. O brasileiro precisa vencer pela diferença de dois gols para ficar com o título ou por um gol para levar a decisão para a prorrogação e, se preciso, disputa por pênaltis. Quem ganhar será campeão da competição pela segunda vez. O Independiente venceu em 1995 e o Internacional, em 2007.

O grande reforço do clube gaúcho será o dublê de meia e atacante Oscar, autor dos três gols que deram o título ao Brasil na decisão do Mundial sub-20, no último sábado, na Colômbia. O técnico Dorival Júnior deixou claro que a nova promessa do Beira-Rio será escalada, mas não definiu se no meio de campo ou no ataque.

Esta dúvida cria mistérios também em diversas outras posições e no esquema tático, que pode ter de um a três meias e um ou dois atacantes. Estão abertas as disputas por duas vagas - uma entre Tinga e Élton, no meio de campo, e outra entre Jô e Andrezinho, no ataque.

O Independiente deve contar com o goleiro Navarro, recuperado de lesão, e vai apostar no meia Ferreyra, mais defensivo que Defederico (que pertence ao Corinthians e está emprestado), para reforçar o bloqueio aos meias e atacantes, considerados os jogadores mais habilidosos do Internacional.

O título da Recopa Sul-Americana é decidido, neste ano, pelos campeões de 2010 da Copa Libertadores da América - o Internacional - e da Copa Sul-Americana - o Independiente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.