Em casa, Paraná derrota Ceará e se reabilita na Série B

O Paraná conseguiu a sua reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B ao vencer o Ceará, por 1 a 0, neste sábado à tarde, pela 13.ª rodada, no Estádio Durival de Britto, na Vila Capanema, em Curitiba. O jogo foi equilibrado, mas o resultado foi justo pela maior eficiência do time da casa.

AE, Agência Estado

28 de julho de 2012 | 18h29

Além de superar a derrota para o líder Criciúma, por 2 a 1, o time paranaense chegou aos 21 pontos, alcançando o oitavo lugar. O Ceará, que vinha de vitória em casa diante do ASA, por 3 a 2, permanece com 17 pontos, em 13.º lugar.

O Ceará começou o jogo bem distribuído em campo, com seus dois volantes - Heleno e João Marcos - dominando todas as ações pelo setor. Com o domínio do jogo, o time cearense criou a sua melhor chance aos 21 minutos, quando Thiaguinho tabelou e apareceu na frente do goleiro Luis Carlos. O meia bateu fraco e o goleiro praticou grande defesa.

Quando o Ceará era melhor, o Paraná abriu o placar. Aos 29 minutos, Fernandinho pegou a bola na intermediária, caminhou com ela e soltou um bico na linha da grande área. A bola foi morrer no ângulo direito do goleiro Adilson, que ganhou a posição de Fernando Henrique.

O visitante ainda reclamou, com razão, de um pênalti não marcado aos 42 minutos, quando Luis Carlos tocou nas pernas de Romário. E quase que o time da casa ampliou aos 44 minutos, quando Paulo Henrique ficou sozinho na área e chutou forte, mas Adilson fez a defesa em dois tempos.

No intervalo o técnico Ricardinho, que tem se mostrado inteligente, reforçou o meio-campo do Paraná com Ricardo Conceição, um especialista na marcação, entrando no lugar de Cambará. De outro lado, PC Gusmão fez duas trocas no Ceará. Uma simples, com a saída de Paulo Sérgio para a entrada de Apodi, também lateral. A outra para melhorar o ataque, com Hugo no lugar do sonolento Itamar.

O Paraná ganhou mais força na marcação, passando a controlar o adversário e podendo, aos poucos, tocar a bola para armar algum contra-ataque. Só encaixou um, aos 42 minutos, quando Arthur mandou a bola na trave.

A 14.ª rodada será toda realizada na terça-feira à noite. Os dois times voltam a campo a partir das 19h30 e em casa. O Paraná vai receber o Avaí, enquanto o Ceará enfrenta o Boa Esporte, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 X 0 CEARÁ

PARANÁ - Luís Carlos; Paulo Henrique, Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Zé Luís, Cambará (Ricardo Conceição), Wellington (Geraldo) e Lúcio Flávio; Wendel (Luisinho) e Arthur. Técnico - Ricardinho.

CEARÁ - Adilson; Paulo Sérgio (Apodi), Thiego, Daniel Marques e Vicente; Heleno (Misael), João Marcos, Leandro Chaves e Thiaguinho; Itamar (Hugo) e Romário. Técnico - PC Gusmão.

GOL - Fernandinho, aos 29 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Anderson (Paraná); Vicente (Ceará).

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

RENDA - R$ 112.845,00.

PÚBLICO - 7.171 pagantes (8.090 total).

LOCAL - Estádio Durival de Britto, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.