Em casa, Sampaio Corrêa derrota o ABC por 3 a 2 e encosta no G4 da Série B

O Sampaio Corrêa continua fazendo a festa da famosa "torcida boliviana". Neste sábado, o time maranhense venceu o ABC por 3 a 2, no estádio Castelão, em São Luis, pela 14.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Assim, completou sete jogos invicto em casa, com cinco vitórias e dois empates, e atingiu os 25 pontos, perto do G4, o grupo de acesso.

Estadão Conteúdo

25 de julho de 2015 | 19h09

O time potiguar, que estreou o técnico Toninho Cecílio no lugar de Gilmar Dal Pozo, sofreu a sua segunda derrota seguida porque tinha apanhado em casa para o Paraná, por 4 a 1, e continua com 16 pontos, perto da zona de descenso.

Os dois tempos foram bem movimentados, mas a vitória acabou sendo justa pela maior eficiência do Sampaio Corrêa, que iniciou o jogo na base da pressão. Criou uma chance de ouro com Diones, que bateu para fora, mas abriu o placar aos 23 minutos com ele mesmo. Após a falta levantada da intermediária por Nadson, o meia se antecipou a Leandro Amaro e testou com força para as redes.

O ABC era perigoso nos contra-ataques e empatou com Bismark, aos 36 minutos. Ele recebeu passe de "cavadinha" de Edno, entrou na área e encobriu o goleiro Ruan. Um belo gol.

O Sampaio Corrêa voltou para o segundo tempo de forma intensa. E fez o segundo gol aos 16 minutos. Raí, que tinha entrado no lugar de Renan Oliveira, pedalou na frente de Reginaldo e ainda lhe deu uma "caneta" entre as pernas. Após o cruzamento, Válber ajeitou na pequena área e bateu de virada.

Aos 19 minutos, em um contra-ataque, o Sampaio Corrêa ampliou. Marcelinho roubou a bola e deu para Pimentinha, que lançou para Douglas no lado direito. Ele virou para o centro da área, onde Nadson apareceu para chutar de primeira: 3 a 1.

Atrás no placar, o ABC foi para o tudo ou nada. Diminuiu aos 30 minutos, quando Rafael Oliveira entrou nas costas da defesa do Sampaio Corrêa e desviou do goleiro Ruan. Os últimos minutos foram de tensão porque o time potiguar diminuiu os espaços e tentou o empate. Não conseguiu. Seria injusto.

Nesta terça-feira será disputada a 15.ª rodada completa, com todos os 10 jogos. O Sampaio Corrêa vai até Osasco, na Grande São Paulo, para enfrentar o Oeste, às 19h30. Enquanto isso, o ABC vai receber o Ceará, também às 19h30, no estádio Frasqueirão, em Natal.

FICHA TÉCNICA

SAMPAIO CORREA 3 x 2 ABC

SAMPAIO CORREA - Ruan; Marcelinho, Plínio, Edvânio e Renan Oliveira (Raí); Léo Salino, Diones, Válber (Arlindo Maracanã) e Nadson; Pimentinha (Vanger) e Douglas. Técnico: Léo Condé.

ABC - Saulo; Reginaldo, Suéliton, Leandro Amaro e Marcílio; Fábio Bahia, Neto (Rafael Oliveira), Rafael Miranda (Michel) e Edno; Kayke e Bismark (Wellington Bruno). Técnico: Toninho Cecílio.

GOLS - Diones, aos 23, e Bismark, aos 36 minutos do primeiro tempo; Válber, aos 16, Nadson, aos 19 e Rafael Oliveira, aos 30 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Válber, Léo Salino e Pimentinha (Sampaio Corrêa); Rafael Miranda e Edno (ABC).

ÁRBITRO - Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

RENDA R$ 211.035,00.

PÚBLICO - 10.472 pagantes (13.323 no total).

LOCAL - Estádio Castelão, em São Luis (MA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BSampaio CorrêaABC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.