Em clássico, Coritiba luta contra lanterna e Atlético visa G-4 do Nacional

Jogo será no Estádio Couto Pereira

Estadão Conteúdo

29 de junho de 2016 | 07h00

Coritiba e Atlético Paranaense fazem nesta quarta-feira, às 21 horas, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, o clássico estadual no Campeonato Brasileiro. O time alviverde vem de quatro jogos sem vitória e luta para não encerrar a 12.ª rodada na lanterna. O rival rubro-negro soma três partidas de invencibilidade e pode entrar para o G4 em caso de vitória.

O principal trunfo do Coritiba para deixar as últimas colocações está na estreia do atacante Kazim. O inglês naturalizado turco foi contratado no início do mês, mas por tratar-se de uma negociação internacional os trâmites burocráticos foram mais demorados. "Fico feliz de poder ficar à disposição para a comissão técnica e espero poder fazer minha estreia o mais rápido possível", disse o atacante, que vem treinando com o grupo desde quando assinou contrato.

O técnico Pachequinho não confirmou a presença do estrangeiro entre os titulares. O treinador nem no banco de reservas poderá ficar, pois foi expulso no empate sem gols com o Figueirense na última rodada. O auxiliar Wilson Goiano comandará a equipe do gramado. No Atlético, o técnico Paulo Autuori não terá o volante Hernani, pois levou o terceiro cartão amarelo na importante vitória sobre o Grêmio por 2 a 0. Para a vaga, pode entrar Deivid, recuperado de lombalgia, ou também Fernando Barrientos.

O treinador não confirmou a escalação e ainda manteve outras duas dúvidas. No ataque, Walter e André Lima disputam uma vaga. E no meio, Pablo e Anderson Lopes brigam pela posição. "A rivalidade é muito grande e as coisas acontecem de uma maneira diferente", destacou Autuori. "Mas temos que fazer o nosso futebol e fazer as coisas que nós acreditamos, independentemente de quem estivermos enfrentando", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.