Divulgação
Divulgação

Em clássico eletrizante, Cruzeiro e Atlético-MG empatam por 1 a 1

Alvinegros igualam aos 43 e Victor defende pênalti aos 45

LEONARDO AUGUSTO, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

13 de setembro de 2015 | 18h32

Cruzeiro e Atlético Mineiro ficaram no empate por 1 a 1 em uma partida eletrizante disputada neste domingo no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clássico teve gol de empate do time alvinegro no final do segundo tempo e pênalti para o clube celeste desperdiçado um minuto depois.

Willian, que vem se transformando no grande artilheiro da equipe, marcou para o Cruzeiro ainda no primeiro tempo e desperdiçou o pênalti na etapa complementar. A partida foi a primeira do técnico Mano Menezes como treinador cruzeirense em um clássico contra o Atlético.

Com o resultado, o time alvinegro mineiro se distancia um pouco do líder Corinthians, que, com 54 pontos depois de vitória por 3 a 0 contra o Joinville em jogo das 11 horas, tem agora cinco a mais na tabela de classificação. Já o Cruzeiro, com 29, segue próximo da zona de rebaixamento.

O Cruzeiro foi taticamente melhor no primeiro tempo. Ao mesmo tempo em que levava mais perigo ao gol do Atlético, apertava a marcação no meio de campo impedido o avanço do adversário. Aos 4 e aos 5 minutos, o time celeste conseguiu dois escanteios. Tanto em uma como na outra, Henrique tentou o arremate dentro da área, mas desperdiçou ambas.

Na melhor chance do Atlético, aos 28 minutos, Lucas Pratto desviou para fora cruzamento da direita. E, aos 37, no momento em que as duas equipes aumentavam a troca de passes no meio de campo, esperando o intervalo, saiu o gol do Cruzeiro, com grande falha do goleiro Victor no lance. Ceará cruzou da direita, a zaga não conseguiu afastar e a bola sobrou para Willian, que tocou entre as pernas do arqueiro alvinegro. O jogador agora tem seis gols na competição.

No início do segundo tempo, logo aos 7 minutos, Mena faz falta dura em Giovanni Augusto na direita - cartão vermelho para o jogador cruzeirense. Imediatamente após a expulsão, no entanto, por pouco o time da Toca da Raposa não faz o segundo. Alisson, aos 9, aproveitou erro de Rafael Carioca na saída de bola, avançou pela grande área, limpou a zaga e chutou no canto, para boa defesa de Victor.

O lance bizarro da partida aos 33 minutos. Marcos Rocha, ao tentar cobrar lateral da direita, deixou a bola escorregar. Reversão no lance. O Atlético tentava chegar, mas, assim como no primeiro tempo, encontrava uma defesa bem posicionada.

Aos 45 minutos, depois de escanteio da esquerda, Carlos marcou de cabeça. No minuto seguinte, pênalti para o Cruzeiro, depois de Willian ser parado pela zaga do Atlético - os jogadores atleticanos reclamaram que a falta teria sido fora da área. Victor, se redimindo da falha no gol, fez a defesa.

ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 x 1 ATLÉTICO-MG

CRUZEIRO

Fábio; Ceará (Fabiano), Manoel, Bruno Rodrigo e Mena; Willians (Charles), Henrique e Ariel Cabral; Alisson, Marquinhos (Fabrício) e Willian. Técnico: Mano Menezes

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Josué), Rafael Carioca (Dátolo), Luan, Giovanni Augusto e Patric (Carlos); Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi

GOLS

Willian, aos 37 minutos do primeiro tempo; Carlos, aos 43 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS

Fábio (Cruzeiro); Marcos Rocha, Giovanni Augusto, Leandro Donizete, Josué e Jemerson (Atlético-MG)

CARTÃO VERMELHO

Mena (Cruzeiro)

ÁRBITRO

Leandro Pedro Vuaden (Fifa/RS)

RENDA

R$ 1.605.850,00

PAGANTES

45.991 pagantes

LOCAL

Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.