Em clima de luto, Real defende liderança

As equipes de Real Madrid e Zaragoza entram em campo no Estádio Santiago Bernabéu, neste sábado, ainda em clima de luto e indignação que tomou conta da Espanha desde o atentado de quinta-feira, em Madri. Os jogadores usarão faixa negra, no braço, em sinal de respeito à memória dos quase 200 mortos no ataque terrorista. Também haverá minuto de silêncio, na abertura da 28ª rodada da temporada de 2003-04. Mesmo procedimento está previsto para San Sebastián, no País Basco, onde a Real Sociedad recebe o Atlético Madrid.O Real defende a liderança folgada (são 60 pontos até agora, contra 54 do Valencia) sem a presença de Ronaldo, que se recupera de contusão e fica fora por mais algum tempo. O Zaragoza é 15º colocado, com 32 pontos, e briga para fugir definitivamente da zona de descenso.O Atlético, 41 pontos e em 6.º lugar, sonha com vaga na Copa Uefa, mas viaja desanimado para o norte da Espanha. "Vamos sem vontade alguma de jogar", admitiu Carlos Aguillera, capitão da equipe. Alguns dirigentes e jogadores haviam pedido a suspensão da rodada deste fim de semana. A idéia não vingou. A diretoria do Atlético propôs ao Real Madrid amistoso com renda para famílias das vítimas.

Agencia Estado,

12 de março de 2004 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.