Real Madrid/Site oficial
Real Madrid/Site oficial

Em continuidade à reformulação, Real Madrid contrata goleiro ucraniano de 19 anos

Clube merengue anuncia o arqueiro Andriy Lunin após acertar com os brasileiros Rodrygo e Vinicius Júnior

Estadão Conteúdo

22 Junho 2018 | 16h46

O gigante espanhol Real Madrid anunciou oficialmente nesta sexta-feira a contratação do goleiro ucraniano Andriy Lunin, de 19 anos. O jogador assinou por seis temporadas. É mais uma etapa da reformulação preparada pelos dirigentes madrilenhos que, com olhos no futuro, têm buscado atletas jovens e talentosos para lapidá-los e dar continuidade às conquistas de títulos do clube.

+ Vinicius Junior dá 'até breve' para torcida do Flamengo e diz que volta no futuro

+ Rodrygo projeta títulos no Santos e diz que sonha em jogar com Neymar no Real

Andriy Lunin nasceu em 11 de fevereiro de 1999, em Krasnograd. Tem 1,91 metro e já foi convocado duas vezes para a seleção da Ucrânia. Estreou na primeira divisão de seu país com o Dnipro, na temporada 2016/2017. Foi transferido para o Zorya Luhansk, clube pelo qual disputou a Liga Europa. Até julho do ano passado, seu passe estava avaliado em 700 mil euros (R$ 3 milhões). Agora, o Real Madrid desembolsou 8,5 milhões de euros (R$ 37,5 milhões) para contratá-lo.

O goleiro, que era disputado por Liverpool, Roma e Real Sociedad, visitou nesta sexta-feira as instalações do novo time em Madri e posou com a camisa da equipe.

Apesar da assinatura do contrato, segundo o jornal Marca, o Real Madrid continua em conversas com o brasileiro Alisson, titular da seleção do técnico Tite na Copa do Mundo. O camisa 1 do clube espanhol é Keylor Navas, que jogou pela Costa Rica nesta sexta-feira contra Alisson (vitória do Brasil por 2 a 0).

A renovação do Real Madrid inclui duas joias brasileiras. Os atacantes Vinicius Júnior, que completa 18 anos no dia 12 de julho, do Flamengo, e Rodrygo, de 17 anos, do Santos, já estão contratados, mas não têm data para se apresentar.

A reformulação da equipe também passa pela comissão técnica. O francês Zinedine Zidane anunciou a sua saída do comando do time após conquistar a terceira Liga dos Campeões da Europa, no final de maio. Julen Lopetegui foi contratado para substituí-lo, em negociação que tumultuou a seleção da Espanha, que ele dirigia, às vésperas da estreia no Mundial da Rússia.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.