Em crise financeira, Botafogo cancela treino fora do Rio

Após oito dias de folga, o elenco do Botafogo voltou aos treinos nesta terça-feira. A previsão era de que o grupo seguiria para uma intertemporada na cidade de Pinheiral (RJ), onde ficaria durante a semana. A viagem, porém, foi cancelada. A justificativa do clube foi redução de despesas, mas os dirigentes também foram pressionados pelos jogadores, que, insatisfeitos com o atraso no pagamento de salários, se posicionaram contra o retiro fora do Rio.

AE, Agência Estado

18 de junho de 2013 | 16h29

O Botafogo vive uma crise financeira e sofre para pagar os salários. Diante da situação complicada, os jogadores chegaram a se reunir nesta terça-feira, na reapresentação do elenco, para uma reunião interna, quando discutiram a postura que vão tomar em relação aos atrasos. Apesar do problema, todos treinaram normalmente e prometem continuar assim nos próximos dias - como não vai mais a Pinheiral, o grupo vai trabalhar em General Severiano e no Engenhão.

No treino desta terça-feira, o trabalho foi concentrado na preparação física, já que o grupo estava voltando de uma longa folga. A novidade na atividade foi a presença do zagueiro Dória, que passou um mês servindo a seleção brasileira Sub-20. "Para mim foi importante demais essa experiência na seleção Sub-20. Volto para o Botafogo com prêmios individuais, que só me estimulam a melhorar cada vez mais", contou o garoto, eleito o melhor zagueiro no título do Torneio de Toulon, na França.

Atualmente em terceiro lugar no Brasileirão, com 10 pontos - está um atrás do líder Coritiba -, o Botafogo volta a jogar no dia 7 de julho, quando faz o clássico contra o Fluminense, na retomada do campeonato nacional após a paralisação durante a Copa das Confederações. Antes disso, porém, terá compromisso pela Copa do Brasil, em 3 de julho, diante do Figueirense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.