Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Em crise, Milan abre rodada na Itália

A fase não é das melhores para o Milan. O time milanês anda de cabeça quente por tropeços em campo ? derrota para o Vicenza por 2 a 0 pelo Campeonato Italiano e empate de 1 a 1 com o Paris Saint-Germain, em casa, pela Copa dos Campeões. Para complicar, a justiça está investigando a validade do passaporte português apresentado por Roque Júnior para atuar como "comunitário" no clube.O zagueiro brasileiro entregou seus documentos aos encarregados pela investigação em Milão e deverá ser convocado para prestar esclarecimentos. O volante Marcos Assunção, da Roma, também está no grupo de atletas estrangeiros sob vigilância das autoridades policiais. Na atual temporada, vários jogadores que vieram do Brasil enfrentaram problemas semelhantes. Warley, Jorginho e Alberto, da Udinese, além de Jeda e Dedê, do Vicenza, por enquanto foram os mais atingidos. Há dúvidas, ainda, em relação a Cafu, Aldair, Antonio Carlos, Dida. Com o astral em baixa, o Milan entra em campo neste sábado para jogar com o Bologna, na abertura da segunda rodada do returno do Campeonato Italiano. O time dirigido por Alberto Zaccheroni vê cada vez mais distante a possibilidade de conquistar o título da temporada de 2000/2001. Embora em quinto lugar, tem 27 pontos ? 15 a menos do que a líder Roma. O objetivo atual, mais modesto, é o de ficar entre os quatro primeiros colocados para garantir vaga na próxima Copa dos Campeões. Roque Júnior deve jogar, mas levou advertência pela expulsão na primeira fase da partida com os franceses.O Bologna não está em situação mais confortável. Com a derrota por 2 a 1 diante da Roma, em seu estádio, caiu para a 11ª colocação, com 24 pontos. Os bolonheses estão em posição intermediária, mas a apenas 6 pontos da zona de rebaixamento. O argentino Cruz e o veterano Signori estão fora do jogo.A rodada terá, no começo da tarde deste sábado, a Udinese recebendo o Verona. A equipe de Údine tem 25 pontos e divide o 8º lugar com Fiorentina e Internazionale. Os veroneses se apavoram com a possibilidade de voltar à Segunda Divisão, pois fazem campanha muito ruim, com 18 pontos em 18 partidas, o que os deixa na 15ª posição e no bloco do descenso.Os demais jogos estão marcados para domingo: Roma (42 pontos) x Lecce (22), Atalanta (30) x Vicenza (19), Bari (12, na lanterna) x Juventus (36, vice-líder), Parma (26) x Brescia (20), Perugia (26) x Lazio (34), Reggina (14, em penúltimo) x Fiorentina (25) e Napoli (17) x Internazionale (25).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.