Divulgação
Divulgação

Em crise, Náutico e Flamengo ficam no empate sem gols

Times continuam em situação difícil no Campeonato Brasileiro

ANGELA LACERDA, Agência Estado

22 de setembro de 2013 | 19h01

RECIFE - Não passou de um empate sem gols o confronto entre Náutico e Flamengo, neste domingo, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife), pela 23.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na lanterna, o time pernambucano finalmente chegou aos dois dígitos na pontuação (10). O clube carioca subiu para 27 e segue muito perto da zona de rebaixamento.

O Flamengo esteve mais solto em campo e dominou o primeiro tempo, embora sem finalizar. Enquanto o time carioca registrou quatro jogadas de perigo na primeira meia hora, o Náutico só apareceu aos 35 minutos, quando Paulo Victor teve trabalho para defender uma bola chutada por Martinez, de pé direito.

Na segunda etapa, alguns lances ameaçaram a abertura do placar. Aos 4 minutos, o Flamengo chegou à área adversária tocando a bola e Elias bateu forte no canto esquerdo de Gideão, que fez a defesa. Aos 13 foi a vez do Náutico: Hugo chutou cruzado na área e Paulo Victor fez boa defesa, chegando a se machucar, de forma leve, ao se chocar com a trave para afastar o perigo.

O ritmo dos dois times caiu e o jogo se arrastou até que, aos 48 minutos, o Flamengo perdeu um gol feito. Marcelo Moreno cabeceou para o gol, Gideão espalmou para frente e a bola caiu nos pés de Elias, que desperdiçou mesmo sem qualquer marcação.

O resultado deste domingo só comprova mais uma vez que as duas equipes estão em crise. O Flamengo perdeu o técnico Mano Menezes, de surpresa, na última quinta-feira, e improvisou com o interino Jayme de Almeida. Já o Náutico acabou de contratar Marcelo Martelotte, o sétimo treinador nesta temporada, que deve estrear na próxima partida em uma última tentativa de tirar o time do fundo do poço.

FICHA TÉCNICA

NÁUTICO 0 x 0 FLAMENGO

NÁUTICO - Gideão; Derley, João Filipe, Leandro Amaro e Bruno Collaço; Elicarlos, Martinez (Hélder), Diego Morales (Angelo Peña) e Tiago Real; Hugo e Rogério (Maikon Leite). Técnico: Levi Gomes (interino).

FLAMENGO - Paulo Victor; Wallace, Samir, João Paulo e Luiz Antonio; Elias, Amaral, Carlos Eduardo (Gabriel) e André Santos (Fernando); Paulinho (Marcelo Moreno) e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida (interino).

CARTÕES AMARELOS - Martinez, Leandro Amaro, Bruno Collaço e Derley (Náutico); Hernane e Wallace (Flamengo).

ÁRBITRO - Wilson Luiz Seneme (Fifa/SP).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoNáuticoFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.