Em crise, Náutico junta os cacos para pegar Corinthians

Lanterna do Campeonato Brasileiro com apenas oito pontos e 13 derrotas, o Náutico enfrenta o Corinthians, neste domingo, às 16 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela 19.ª rodada, em uma profunda crise e sem autoconfiança.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

08 de setembro de 2013 | 09h25

A direção do clube informou nesta semana que, com a má campanha na competição nacional e a eliminação na Copa Sul-Americana (para o rival Sport), vai reduzir a folha salarial e não pretende mais investir em novas contratações, o que demonstra a descrença de deixar a zona de rebaixamento.

O técnico interino Levi Gomes foi efetivado depois da saída de Jorginho, que pediu demissão após a derrotada para o Vasco por 3 a 0, na última quinta-feira, e deve permanecer até o fim do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoNáutico

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.