Saopaulofc.net/Divulgação
Saopaulofc.net/Divulgação

Em crise, São Paulo viaja sem Luis Fabiano para a Argentina

Atacante se recupera de lesão na coxa e Dória também fica no Brasil

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

31 Março 2015 | 11h09

O São Paulo embarcou na manhã desta terça-feira para a Argentina, onde enfrentará o San Lorenzo, em partida decisiva da Copa Libertadores, nesta quarta-feira, às 19h45, no estádio Nuevo Gasómetro. Dois jogadores que poderiam ser escalados como titulares não viajaram.

Luis Fabiano, em recuperação de uma contratura muscular na coxa esquerda, e Dória, que aprimora a forma física depois de uma lesão no tornozelo esquerdo. Alan Kardec, provável titular, foi liberado para acompanhar o nascimento da filha, Maria, também nesta terça-feira, e seguirá para a Argentina em outro voo. 

O jogo é decisivo para as duas equipes. Com seis pontos, na segunda colocação do Grupo 2, o São Paulo enfrentará o San Lorenzo, terceiro lugar com três pontos, para tentar encaminhar a classificação às oitavas de final. Os dois clubes praticamente travam uma disputa direta pela segunda vaga do grupo - o Corinthians lidera. 

Uma vitória praticamente elimina o rival argentino. Derrota deixaria os dois empatados na briga pela vice-liderança. "É o jogo mais importante do momento. Uma vitória nos coloca em uma condição excepcional e uma derrota nos deixa em uma situação difícil", definiu Rogério Ceni.

O embarque foi feito de maneira tranquila, em um clima completamente diferente daquele observado no Centro de Treinamento na segunda-feira à tarde, quando 50 torcedores protestaram e fizeram ameaças. 

O time tricolor deve ter mudanças na escalação. Ganso pode perder lugar. Boschilia, Centurión e Thiago Mendes brigam pela possível vaga. Também há possibilidade de mudanças nas laterais. Hudson e Reinaldo seriam as opções para os lugares de Carlinhos e Bruno. 

Confira os relacionados para o jogo contra o San Lorenzo:

Goleiros: Rogério Ceni e Renan Ribeiro;

Laterais: Bruno, Carlinhos e Reinaldo;

Zagueiros: Paulo Miranda, Rafael Toloi, Edson Silva e Lucão;

Volantes: Souza, Denilson, Hudson e Thiago Mendes;

Meias: Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso, Centurión e Boschilia;

Atacantes: Alexandre Pato, Alan Kardec e Ewandro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.