Divulgação
Divulgação

Em Curitiba, São Paulo tenta se reerguer de olho na Copa do Brasil

Time joga no Couto Pereira para readquirir confiança para quarta

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2015 | 08h00

A ambição do São Paulo para enfrentar o Coritiba, neste domingo, no Couto Pereira, às 17h, está distante de apenas subir na tabela do Campeonato Brasileiro e se recuperar de duas rodadas sem vencer. O foco é mais amplo e busca um resultado positivo para começar a acreditar na chance de reação na Copa do Brasil.

A derrota no meio de semana por 3 a 1 para o Santos abateu o elenco. A única chance de título na temporada, a conquista inédita e a última oportunidade para Rogério Ceni se despedir como campeão ficaram bem mais distantes. Agora será necessário a façanha de marcar três gols na Vila Belmiro.

A dificuldade da missão se explica pelo mau momento. Desde sua chegada, o técnico Doriva ainda não venceu e admite que vai buscar a vitória para o time se recuperar psicologicamente. "Vamos tentar vencer de todas as maneiras para que essa vitória traga uma confiança e a gente possa aproveitar contra o Santos", afirmou.

Mesmo com foco no clássico na Vila Belmiro, nenhum titular deve ser poupado. A única mudança será a saída do lateral-esquerdo Matheus Reis, que cumpre suspensão por ter sido expulso contra o Vasco, no último domingo. Reinaldo será o substituto em Curitiba.

"Vou colocar o que penso ser o time ideal. Tenho convicção do que é o melhor e vou cobrar dos atletas o que penso ser importante para vencer", explicou Doriva.

Desde a chegada do treinador, foram três jogos do São Paulo, com duas derrotas e um empate. Da sequência ruim Doriva tirou pelo menos um aspecto positivo e disse que o time tem evoluído, principalmente por corrigir erros na falta de compactação das linhas.

O espaço na defesa foi fatal na derrota para o Santos e o setor tem apresentado falhas recorrentes, como contra o Vasco, quando empatou em casa com o lanterna e dono do pior ataque. O São Paulo foi vazado nas três últimas partidas, quando sofreu oito gols e marcou apenas três.

O retrospecto recente causou a queda para a sexta posição do Campeonato Brasileiro, dois pontos atrás do Santos, o quarto colocado.

Em Curitiba o São Paulo será escalado novamente no 4-2-3-1. A equipe aposta no trio de armadores formado por Michel Bastos, Ganso e Alexandre Pato para jogar principalmente no desespero do Coritiba, que tenta sair da zona de rebaixamento e vem de quatro derrotas consecutivas.

A equipe do técnico Ney Franco deve ter no ataque dois jogadores formados no São Paulo: Kléber Gladiador e Henrique Almeida. A criação ficará a cargo do veterano Lúcio Flávio.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA X SÃO PAULO

CORITIBA: Wilson; Ivan, Rafael Marques, Juninho e Carlinhos; João Paulo, Cáceres, Lúcio Flávio e Ruy; Kleber e Henrique Almeida. Técnico: Ney Franco.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e Reinaldo; Rodrigo Caio e Thiago Mendes; Michel Bastos, Ganso e Pato; Luis Fabiano. Técnico: Doriva.

Juiz: Marielson Silva (BA)

Local: Couto Pereira, em Curitiba

Horário: 17h

Na TV: Globo e Band

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.