Em Curitiba, Paraná e Sport empatam por 1 a 1

O Paraná ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Sport, nesta quarta-feira, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, e levou a decisão da vaga às oitavas de final da Copa do Brasil para a Ilha do Retiro, no Recife, daqui duas semanas. O clube pernambucano, que perdeu um pênalti, manteve a invencibilidade que persiste por 17 jogos.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

18 de março de 2010 | 00h08

Na última segunda, os jogadores do Paraná tinham ficado sem trabalhar, em solidariedade aos outros funcionários do clube que não receberam os salários de janeiro. Em campo, eles partiram logo para decidir o jogo e conseguiram o primeiro gol aos 5 minutos. O artilheiro Marcelo Toscano recebeu a bola livre dentro da área e somente colocou-a para dentro do gol defendido por Magrão.

O Paraná fazia boa marcação sobre o Sport, não dando muito espaço para que as jogadas fossem armadas. Se não conseguia chegar no toque de bola, o time pernambucano aproveitou-se de uma cobrança de escanteio para empatar, aos 24 minutos. Tobi subiu mais que os zagueiros e marcou.

O jogo ganhou mais ritmo no segundo tempo, com o Sport indo à frente, apesar de o Paraná ainda ter mais presença. A expulsão de Tobi, aos 17 minutos, obrigou o técnico Givanildo Oliveira a recompor a defesa com a saída do atacante Dairo para a entrada de Montoya.

Quando o Paraná tentava colocar pressão sobre o adversário, o Sport arrancou para o ataque e conseguiu um pênalti aos 37 minutos, mas o goleiro Juninho defendeu a cobrança de Eduardo Ramos. O zagueiro Irineu foi expulso no lance.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilParanáSport

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.