Santos FC
Santos FC

Em Curitiba, Santos enfrenta o Athletico-PR para garantir o vice do Brasileirão

Soteldo retorna ao time após cumprir suspensão contra a Chapecoense

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de dezembro de 2019 | 04h33

O Santos está a três pontos de ser vice-campeão do Campeonato Brasileiro. Por isso, o time alvinegro quer vencer o Athletico-PR nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, em Curitiba, às 19 horas, para garantir o segundo lugar com uma rodada de antecedência, algo difícil de prever no começo do ano, dado os problemas financeiros e o baixo investimento. A colocação também dará ao clube premiação mais gorda, na casa dos R$ 31 milhões.

A equipe alvinegra não tem um elenco caro e estrelado como Flamengo e Palmeiras, mas, sob o comando do técnico Jorge Sampaoli, conseguiu mostrar bom futebol e ser extremamente competitiva, alcançando números expressivos na temporada. Hoje, soma 71 pontos, três a mais do que o time alviverde, o terceiro colocado e seu principal concorrente pelo vice-campeonato.

"Acabar o ano na segunda colocação do Brasileiro será importante para o clube. E começar a carreira como profissional ajudando minha equipe a chegar nessa posição será bom demais. Mesmo jogando fora de casa, vamos manter a postura ofensiva para confirmar o nosso vice no campeonato", afirmou o atacante Tailson. Titular na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, Tailson deve perder a vaga para Soteldo, uma vez que o venezuelano, um dos destaques do time neste ano, está de volta após cumprir suspensão.

A outra mudança na equipe deve ser a entrada de Pará, suspenso no jogo anterior, no lugar de Victor Ferraz. Luan Peres e Jean Mota também reforçam a equipe da Vila, mas é provável que comecem no banco de reservas. Se o ano está muito perto de terminar positivamente, as perspectivas para 2020 não são boas. Garantido na Libertadores, o clube segue com dificuldades financeiras e o presidente José Carlos Peres já avisou que não será possível investir alto no ano que vem.

Com esse cenário, é improvável que Sampaoli permaneça. Ele tem contrato até o fim de 2020, mas já exibiu insatisfação com a gestão de Peres. Valorizado, o argentino recebeu contato do Racing e também interessa ao Palmeiras, que busca um substituto para Mano Menezes.

ATHLETICO

Visando melhorar sua qualificação na tabela, o Athletico-PR colocará o que tem de melhor à disposição para o duelo frente ao Santos. O técnico Eduardo Barros tem cinco desfalques: os volantes Bruno Guimarães e Léo Cittadini, além do lateral Khellven, do meia Nikão e do atacante Vitinho, este expulso no empate por 1 a 1 diante do Ceará. Por outro lado, o treinador contará com o retorno de Wellington, que cumpriu suspensão. Poupados na última rodada, os laterais Jonathan e Márcio Azevedo, o lateral Léo Pereira e o atacante Marcelo Cirino também deverão retornar ao time. Eduardo Barros revelou que poderá dar oportunidades a jovens jogadores nas partidas finais do Brasileirão.

"Vamos colocar a melhor equipe que tivemos disponível contra o Santos (em casa) e contra o Avaí (fora). Queremos dar oportunidade a alguns jogadores que ainda não tiveram chances. Respeitamos o time do Santos, mas vamos jogar para vencer. Queremos aumentar a nossa invencibilidade e melhorar nossa colocação no Brasileirão", afirmou o treinador. De fato, o Atheltico vive uma boa fase no Brasileirão. O clube está há 11 jogos sem perder. A última derrota foi para o Flamengo, por 2 a 0, em 13 de outubro, na Arena. Na tabela, tem 60 pontos, na quinta colocação, contra 62 do Grêmio, o quarto colocado.

"É o último jogo em casa e convoco a torcida para que possa lotar a Arena, porque foi um ano maravilhoso. Se não foi o melhor, está entre os melhores da história do Athletico Paranaense. Ainda temos o objetivo de terminar no G-4 e queremos fazer um jogo forte para buscar a vitória", completou Madson. O Athletico ganhou a Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR x SANTOS 

ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Márcio Azevedo; Camacho, Wellington e Lucho González; Marcelo Cirino, Rony e Marco Ruben. Técnico: Eduardo Barros.

SANTOS - Everson; Pará, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Felipe Jonatan; Alison, Carlos Sánchez e Evandro; Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

ÁRBITRO -  Anderson Daronco (Fifa/RS)

HORÁRIO - 19 horas. 

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Para Entender

Programação de tv

Veja as principais atrações esportivas do dia

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.