Arquivo/AE
Arquivo/AE

Em decisão unânime, STJD libera técnico Cuca

Após ser punido por entrar no vestiário quando estava suspenso, treinador poderá trabalhar com liberdade

AE, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 18h02

Depois de idas e vindas no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o técnico Cuca foi liberado para exercer as suas atividades normalmente no Flamengo pelo Pleno do Tribunal nesta quinta-feira, em decisão unânime.

 

Veja também:

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O treinador havia sido punido com uma suspensão de 90 dias por ter entrado no vestiário do time em partida na qual estava suspenso. O advogado do clube, Michel Asseff Filho, argumentou que a pena era exagerada. Também disse que a pena inicial, baseada no artigo 172 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), não impede que o punido tenha acesso às dependências do estádio.

Por causa da "infração", Cuca foi denunciado no artigo 223 (deixar de cumprir ou retardar o cumprimento de decisão, resolução ou determinação da Justiça Desportiva) do CBJD, já que cumpria suspensão de 30 dias. A punição inicial se deveu a expulsão no clássico contra o Vasco, ainda pelo Campeonato Carioca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.