Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

Em despedida de ídolos, Corinthians empata com a Chape e se garante na Série A

Danilo e Emerson Sheik entram no segundo tempo e participam de empate sem gols na Arena Corinthians

Dani Arruda, especial para o Estado, O Estado de S.Paulo

25 de novembro de 2018 | 21h10

Na despedida da Arena de Itaquera na temporada de 2018, o Corinthians não passou de um empate por 0 a 0  contra a Chapecoense, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado levou o time de Jair Ventura aos 44 pontos, na 12ª colocação. Com essa pontuação, o empate do Ceará (com o Atlético-PR, na Arena da Baixada) e a derrota do Vasco (para o Palmeiras, em São Januário), a permanência na Série A restou assegurada. O foco agora é garantir uma vaga para disputar a Copa Sul-Americana e tentar reforçar o caixa financeiro no próximo ano. 

Na última rodada, com todos os jogos sendo realizados no domingo, com início às 17h, a Chapecoense recebe o São Paulo na Arena Condá. O Corinthians vai a Porto Alegre encarar o Grêmio.

Além de fazer o último jogo do ano diante da sua torcida, o empate marcou a despedida de dois ídolos do Corinthians: Emerson Sheik (vai encerrar a carreira) e Danilo (que não terá o contrato renovado).  Ambos foram muito aplaudidos quando entraram em campo no segundo tempo. 

A partida refletiu os problemas de criatividade ofensiva que afetaram o Corinthians durante todo o campeonato. Com um dos piores ataque da competição (34 gols), o time encontrou dificuldades para criar, empurrar a Chapecoense contra seu campo de defesa, prejudicando a atuação de Romero, isolado entre os zagueiros.

Com o meio congestionado, faltou força ofensiva pelas laterais do campo para abrir espaços e tentar chegar ao gol de Jandrei. O goleiro não fez uma única defesa importante no jogo.

O time catarinense, lutando contra o rebaixamento, adotou uma postura  cautelosa. Pouco se arriscou no ataque e, quando pressionado, não teve maiores dificuldades para desarmar o ataque corintiano. 

A melhor chance da partida foi da Chapecoense e saiu através de uma cobrança de falta. Aos 30 minutos da etapa inicial, Leandro Pereira cabeceou e Cássio defendeu quase em cima da linha do gol.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 0 X 0 CHAPECOENSE

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Thiaguinho, Mateus Vital (Emerson Sheik), Jadson e Pedrinho (Rafael Bilu); Romero (Danilo). Técnico: Jair Ventura.

CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo, Douglas, Fabricio Bruno e Bruno Pacheco; Amaral, Marcio Araújo, Canteros (Osman) e Diego Torres (Elicarlos); Wellington Paulista e Leandro Pereira (Nenén). Técnico: Claudinei Oliveira.

Cartões Amarelos: Ralf, Emerson Sheik e Diego Torres.

Público: 35.888

Renda: R$ 1.219.472,00

Juiz: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.