Peter Powell/EFE
Peter Powell/EFE

Em duelo de campeão e vice, Manchester City faz 3 a 0 no Chelsea

Citizens continuam 100% e time de Mourinho segue sem vencer

Estadão Conteúdo

16 Agosto 2015 | 14h37

No duelo que reuniu os atuais campeão e vice do Campeonato Inglês, o Manchester City surpreendeu neste domingo ao aplicar 3 a 0 no Chelsea de José Mourinho, que defende o título conquistado na temporada passada. Agüero foi o maior destaque da partida, liderando o ataque dos anfitriões. O brasileiro Fernandinho e o zagueiro belga Kompany também balançaram as redes.

O tropeço no clássico cria desconforto no time do Chelsea neste início de temporada, já que o atual campeão ainda não venceu no campeonato. Na estreia, empatou com o Swansea por 2 a 2. Já o Manchester repetiu o placar da rodada de abertura, quando bateu o West Bromwich por 3 a 0.

A partida deste domingo, disputada no Etihad Stadium, foi marcada pelo alto nível e pela tensão no gramado. Diego Costa foi um dos mais exaltados ao se desentender com Fernandinho e Mangala. Os atritos, contudo, não geraram maiores prejuízos aos times, que terminaram com seus 11 jogadores em campo.

Jogando em casa, o Manchester converteu o apoio da torcida em empolgação para partir para cima do Chelsea desde os primeiros minutos da partida. Agüero era a principal referência do ataque. Somente ele teve quatro boas chances de gol na etapa inicial. Aos 31, a defesa londrina não conseguiu impedir sua tabela com Yaya Touré. O argentino conteve dois marcadores e mandou no canto.

Na segunda etapa, o Chelsea voltou melhor e passou a dar mais trabalho para a defesa anfitriã. O brasileiro Ramires chegou a mandar para as redes, mas a arbitragem anulou o lance por impedimento. O meia foi titular na vaga de Oscar, machucado. Willian compôs o setor ao seu lado.

Mais eficiente no ataque, o Manchester buscou o segundo gol aos 34 minutos. David Silva bateu escanteio na área e Kompany, em sua especialidade, cabeceou para as redes. Seis minutos depois, a zaga do Chelsea saiu mal e a bola sobrou para Fernandinho. Ele encheu o pé da direita e anotou o terceiro dos anfitriões, sacramentando o triunfo do City.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.