Reprodução/CSA Facebook
Reprodução/CSA Facebook

Em duelo de campeões estaduais, CSA supera o Goiás na estreia na Série B

Campeão alagoano estreou com o pé direito em divisão que não disputava desde 1992

Estadão Conteúdo

14 de abril de 2018 | 19h10

No duelo entre os campeões alagoano e goiano, foi o Goiás que teve a faixa "carimbada". Promovido da Série C em 2017, o CSA foi mais eficiente e venceu, por 2 a 1, na tarde deste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O duelo foi válido pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

+ Confira a tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro

+ Com gol de Dagoberto, Londrina estreia na Série B com vitória sobre o Boa

Seis dias após encerrar um jejum de dez anos sem faturar um título estadual, o CSA estreou com o pé direito em seu retorno à Série B. O clube não disputava a segunda divisão há 26 anos, desde 1992. Enquanto isso, o atual tetracampeão goiano, um dos favoritos ao acesso, inicia seu terceiro ano seguido na competição com derrota.

O primeiro tempo foi de bastante equilíbrio e muito movimentado. Os gols, contudo, ficaram reservados para a segunda etapa. O time alagoano voltou mais ligado e fez o primeiro logo aos nove minutos. O meia Daniel Costa deu um passe açucarado para o atacante, que só teve o trabalho de empurrar para as redes do goleiro Marcelo Rangel.

Os visitantes sentiram o momento complicado e não conseguiram evitar o segundo gol aos 13 minutos. O lateral Rafinha levantou pela esquerda e o atacante Michel Douglas cabeceou de costas, surpreendendo o goleiro.

Com dois gols de desvantagem, não restou aos goianos outra alternativa que não se lançarem ao ataque. Apesar de pressionar, conseguiram marcar apenas uma vez. Aos 21 minutos, após cobrança de falta ensaiada, o zagueiro David Duarte subiu alto e cabeceou para o chão, sem chances de defesa para o goleiro Cajuru.

Na próxima sexta-feira, às 20h30, o CSA volta a campo para enfrentar o São Bento, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. O time alagoano já vai ter um novo reforço: o atacante Walter, que estava no Paysandu. Nos últimos, anos ele passou por Goiás, Fluminense e Atlético-PR. Enquanto isso, o Goiás recebe o Figueirense, no sábado, às 16h30, no estádio Serra Dourada, em Goiânia.

FICHA TÉCNICA

CSA 2 X 1 GOIÁS

CSA: Cajuru; Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Yuri, Edinho, Didira (Hugo Cabral) e Daniel Costa; Niltinho (Elivelton) e Michel Douglas (Echeverría). Técnico: Marcelo Cabo.

GOIÁS: Marcelo Rangel; Caíque Sá (Michael), David Duarte, Eduardo Brock e Breno; Madison, Léo Sena (Pedro Bambu) e Giovanni; Carlos Eduardo, Júnior Viçosa e Maranhão (Rafinha). Técnico: Hélio dos Anjos.

GOLS: Niltinho, aos nove, Michel Douglas, aos 13, e David Duarte, aos 21 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO: Gilberto Rodrigues Castro (PE).

CARTÕES AMARELOS: Niltinho e Xandão (CSA); Eduardo Brock (Goiás).

RENDA E PÚBLICO: Não divulgados.

LOCAL: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.