Marcio Cunha / ACF
Marcio Cunha / ACF

Em duelo direto para evitar queda, Chapecoense tenta encerrar longo jejum

Equipe catarinense está há doze rodadas sem vencer no Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

26 de outubro de 2019 | 14h55

Penúltimo colocado do Brasileirão, com 17 pontos, a Chapecoense não vence há 12 jogos, e buscará encerrar o jejum neste sábado, quando vai ao Maracanã enfrentar o Fluminense pela 28ª rodada, a partir das 19h30. No momento, faltando 11 rodadas para o fim da competição, a distância para o próprio adversário, primeiro time fora da zona da degola, é de 12 pontos.

"Temos que seguir lutando, buscar nos últimos jogos uma postura honrosa. Temos que terminar honrando a camisa. O que vi aqui na Arena Condá, pais com crianças de colo debaixo de chuva. Temos que fazer alguma coisa para retomar de forma organizada a Chapecoense", avaliou o treinador Marquinhos Santos.

Além do rebaixamento iminente, o time corre o risco de terminar o Brasileirão com a pior campanha da era dos pontos corridos. Até o momento, o seu aproveitamento é o quarto na lista de piores da história, com 20,83%, empatado com o atual lanterna Avaí. O número supera apenas Paraná em 2018 (20,17%), Náutico em 2013 (17,54%) e América-RN em 2007 (14,91%).

Sem opções, Marquinhos Santos deve fazer apenas uma mudança em relação ao time que mandou a campo contra o Goiás, no empate por 2 a 2, na Arena Condá. Com o zagueiro Douglas suspenso, Maurício Ramos deve atuar ao lado de Rafael Pereira, até porque o experiente Gum sofreu uma fatura no pé e passará por cirurgia.

O atacante Dalberto, recuperado de lesão, e o volante Augusto são as novidades da lista de relacionados. Serão opções para o segundo tempo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.