Neymar diz que queria ter atuado com Zidane, Ronaldo e Romário

Em entrevista à Fifa, atacante também aponta melhores marcadores

O Estado de S. Paulo

12 de agosto de 2015 | 09h57

Nesta terça-feira, o canal oficial da Fifa no YouTube publicou uma rápida entrevista com o craque Neymar, do Barcelona. As perguntas foram sobre as experiências e alguns desejos do brasileiro no meio do futebol. Neymar também listou os zagueiros mais difíceis que já enfrentou, e disse que gostaria de ter atuado ao lado de Zidane, Ronaldo e Romário.

Logo na primeira pergunta, sobre quem seria seu ídolo, o craque do Barcelona não titubeou: "Robinho". Segundo o atacante, "sempre o amei, desde quando era pequeno em Santos. E depois tive o prazer de jogar ao lado dele, não só no Santos, mas também na seleção brasileira."

Neymar revelou ser um grande fã ainda de Romário e que gostaria de ter jogado ao lado do Baixinho, que hoje é senador em Brasília. Além dele, o atacante também revelou que adoraria ter atuado com Zidane e Ronaldo - ambos foram parceiros no Real Madrid. "Eu até joguei com o Ronaldo na sua partida de despedida, mas adoraria ter feito mais jogos junto dele."

Questionado sobre o maior defensor que já enfrentou na carreira, Neymar se viu em uma situação difícil. "Tem muitos bons zagueiros. Já joguei contra Mascherano, Piquet, Thiago Silva. Eergio Ramos também é um grande zagueiro. São muitos."

Paulo Henrique Ganso foi nomeado como seu grande amigo no futebol, mas lamentou a diminuição no contato desde que o meia se transferiu para o São Paulo. Eles atuaram juntos na Vila Belmiro. Para Neymar, Daniel Alves é o atual grande parceiro na modalidade. O gol feito contra o Flamengo, em 2011, que lhe rendeu o Prêmio Puskas daquele ano, foi eleito como o mais bonito de toda sua carreira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.